Itália confirma 7ª morte e Carnaval de Veneza é cancelado

Ao todo 11 cidades da Itália estão em toque de recolher e mais 200 pessoas foram diagnosticadas com o coronavírus

Até o momento a Itália já registrou sete mortes pelo novo coronavírus e 219 pessoas foram diagnosticadas com o vírus Covid-19 em cinco regiões do país, anunciou a Agência Italiana de Notícias (ANSA).

A Lombardia é a mais afetada e 11 cidades estão em quarentena. Ninguém entra ou sai delas e a polícia está controlando fortemente as estradas. As autoridades sanitárias italianas estimam que há dois focos claros da infecção: a província de Lodi e seus 10 municípios (Casalpusterlengo, Codogno, Castiglione d’Adda, Fombio, Maleo, Somaglia, Bertonico, Terranova dei Passerini, Castelgerundo e Sanfiorano) e a localidade de Vo’ Euganeo, no Vêneto.

A Itália já o terceiro país com mais casos no mundo, depois da China e da Coreia do Sul. Só nesta segunda-feira (24) já foram confirmados 53 novos casos na região da Lombardia.

Nos últimos dias, o surto do novo coronavírus propagou-se no país e o Carnaval de Veneza foi cancelado. Milão decretou que todas as escolas permanecerão fechadas na próxima semana.

Veja também

China

Autoridades sanitárias chinesas informam que mais 150 pessoas infectadas pelo novo coronavírus morreram, elevando o total de mortes na China continental para 2.592.

O número de casos de infectados cresceu em 409 e atualmente se encontra em 77.150.

Coreia do Sul

O governo da Coreia do Sul anunciou nesta segunda-feira (24) que 161 novos casos do novo coronavírus foram confirmados, elevando o número total de pessoas infectadas no país para 763.

O número do mortes causadas pelo vírus aumentou em duas pessoas, passando de cinco para sete vítimas.

Este é o quarto dia consecutivo em que a Coreia do Sul teve um aumento de mais de 100 novos casos da infecção.

Comissão Europeia

A Comissão Europeia diz que não há razões para medidas drásticas, mas os países vizinhos da Itália, como a França e a Áustria, já começaram a apertar o controle de fronteiras.

Irã

O número de mortos no Irã triplicou: já são 12 e há 61 casos confirmados.

Vários outros países da região registraram os primeiros infectados.

Com informações da Agência Brasil.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s