Inhotim passa a exigir certificado de febre amarela

Casos de febre amarela foram detectados em Brumadinho, município onde o museu está localizado

O Instituto Inhotim, maior centro de arte contemporânea do mundo, começará a exigir, a partir de 23 de janeiro, a comprovação da vacinação de febre amarela de todos os seus visitantes. Para entrarem no instituto, todos deverão apresentar o cartão de vacinação onde conste que a imunização foi feita com, no mínimo, 10 dias de antecedência à visita. A conferência dos cartões será feita ainda no estacionamento.

O Inhotim confirmou que não identificou nenhum caso de febre amarela na área do museu, mas segundo o último informativo da SES-MG, de 17 de janeiro, a cidade de Brumadinho, onde o museu está localizado, registrou 2 casos, um que resultou em morte e tem 4 em investigação.

Em nota, o museu afirma que a medida, anunciada na quinta-feira (18), é mais uma ação preventiva adotada em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), para conscientizar os visitantes sobre a importância da vacina. O instituto já imunizou seus funcionários, faz o monitoramento diário de animais e disponibiliza repelentes aos visitantes, colocados em locais como a recepção, a Estação Educativa e os pontos de alimentação.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s