Hotelaria: luxo versus design

Por Cecilia Arbolave e Fernando Souza Atualizado em 16 dez 2016, 00h31 - Publicado em 1 nov 2012, 16h22

Santiago tem a única unidade do Ritz (ritzcarlton.com) e do modernésimo W (starwoodhotels.com/whotels) da América do Sul; Buenos Aires, o Palacio Duhau (buenos aires.park.hyatt. com), o oitavo melhor hotel do mundo para a revista americana Travel+Leisure. A capital argentina conta ainda com mais três hotéis cinco-estrelas no GUIA QUATRO RODAS, o Alvear (alvearpalace.com), o Faena + Universe (faenahotelanduniverse. com) e o Four Seasons (fourseasons.com).

Santiago gaba-se de seus hotéis-butique, como o Lê Reve (lerevehotel.cl), o Noi (noivitacura.cl) e o Lastarria (lastarriahotel.com), embora Buenos Aires elenque dezenas deles, vide o Pulitzer (hotelpulitzer. com.ar) e o Mio (miobuenosaires.com). As duas metrópoles abrigam também bandeiras para orçamentos variados, como o Best Western (bestwestern.com) e o Ibis (ibisho tel.com), além dos melhores hostels da América Latina segundo o prêmio Hoscar. Pela quantidade e pela diversidade, dá Buenos Aires. Por una cabeza.

E a vencedora é: Buenos Aires

Publicidade