Florença: Gucci abre museu, loja e restaurante com grife Bottura

O Gucci Garden abriga um restaurante idealizado por Massimo Bottura, chef três-estrelas pelo guia Michelin

Por Victória Martins Atualizado em 15 fev 2018, 20h16 - Publicado em 15 fev 2018, 17h33

A Gucci acaba de se tornar a mais nova grife a unir moda à experiências únicas, seguindo os passos de marcas como Ralph Lauren, Versace, Armani e Tiffany & Co. Em janeiro, a grife reabriu o Gucci Museo, agora rebatizado de Gucci Garden, um espaço criativo e colaborativo que reúne arte, moda, gastronomia e história no Palazzo della Mercanzia, em Florença.

O Gucci Garden é uma espécie de museu interativo que celebra o passado da grife e seu renascimento sob o comando de Alessandro Michele, diretor criativo da marca e o responsável pela criação do espaço.

  • No primeiro e segundo andares, estão seis diferentes salas, inclusive um cinema, que exploram a história da grife, sua identidade, a evolução da logomarca e do conceito de suas coleções. A curadoria é da crítica de moda e curadora Maria Luisa Frisa.

    Além da exposição, também é possível encontrar no Gucci Garden uma loja conceito, que vende itens exclusivos, de roupas e acessórios à artigos de decoração e revistas. Outra novidade é a Gucci Osteria, restaurante idealizado por Massimo Bottura, chef com 3 estrelas Michelin no currículo e responsável pela Osteria Francescana, que ganhou o título de melhor restaurante do mundo em 2016, no World’s 50 Best Restaurant Awards.

    Gucci Osteria, no Gucci Garden, Florença
    Apesar de ter sido idealizada por Massimo Bottura, a Gucci Osteria será comandada pela chef Karime Lopez Kondo Gucci/Divulgação

    O menu da osteria inclui gastronomia italiana, culinária internacional e curiosas interpretações de clássicos, como cachorro quente e hambúrguer, com valores que variam de 15 a 30 euros por um prato principal. Com apenas 50 lugares, o restaurante fica aberto diariamente, das 12h às 23h.

  • O ingresso para o Gucci Garden custa 8 euros, e metade de todo o valor arrecadado será destinado à projetos de conservação e restauração de Florença.

    Continua após a publicidade
    Publicidade