Exposição de Da Vinci segue em cartaz no MIS, em São Paulo

O MIS Experience, na Água Branca, recria instalações imersivas e multissensoriais de obras do gênio do Renascimento que ficam em cartaz até 1 de março

Uma nova filial do Museu da Imagem e do Som de São Paulo (MIS) abriga a exposição “Leonardo da Vinci – 500 anos”. A mostra celebra os 500 anos da morte do cientista, matemático, engenheiro, anatomista, botânico e artista, um dos nomes mais importantes do Renascimento na Europa. Na exposição, que já passou por Denver, nos Estados Unidos e em Ottawa, no Canadá, são apresentadas obras do gênio por meio de 150 projetores que formam instalações multissensoriais com sons, luzes, cores e telas sensíveis ao toque.

Reprodução da obra Mona Lisa no Reprodução do Homem Vitruviano em exposição imersiva no Canada Science and Technology Museum Reprodução da obra Mona Lisa, hoje em exposição no Museu do Louvre, em Paris

Reprodução da obra Mona Lisa, hoje em exposição no Museu do Louvre, em Paris (Canada Science and Technology Museum/Divulgação)

Inspirado no Atelier des Lumière, em Paris, que sedia até 12 janeiro uma exposição de sucesso com obras de Van Gogh, o novo MIS Experience ocupa um espaço de 2 mil m² que funcionou como marcenaria da TV Cultura.

A exibição mostra uma animação em tamanho real da obra A Última Ceia (1495-1498), um dos afrescos mais conhecidos do mundo e que foi pintado em uma das paredes do refeitório do monastério de Santa Maria delle Grazie, em Milão.

A exposição fica em cartaz até 1 de março de 2020. O MIS Experience abre de terça a domingo, inclusive nos feriados. A entrada custa R$35 (inteira) e R$17,50 (meia) de quarta à sexta e R$45 (inteira) e R$22,50 (meia) aos sábados, domingos e feriados. Às terças, a entrada é gratuita, como acontece no espaço original do MIS.

O MIS disponibiliza transporte gratuito de ida e volta do terminal turístico da Barra Funda até a exposição. Os ônibus, identificados com imagens da exposição, saem das plataformas 6 ou 7 entre 9h e 19h30. O último ônibus sai do MIS às 22h30.

As sessões da exposição têm 45 minutos de duração e mostram obras célebres como o Homem Vitruviano (1490), desenho encontrado nas anotações do artista que calcula as proporções encontradas em um corpo humano, e a Mona Lisa (1503-1506), o retrato mais famoso da história da arte ocidental.

O vídeo da Grande Exhibitions, empresa que assina a autoria da exposição, mostra detalhes da montagem que foi feita no Canada Science and Technology Museum:

Leia tudo sobre São Paulo

Busque hospedagem em São Paulo

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s