Clubinho do desconto

Os sites de compra coletiva são bons também para quem vai viajar

Por Nádia Lapa Atualizado em 14 dez 2016, 12h01 - Publicado em 14 set 2011, 18h10

Você acha caro pagar R$ 600 na diária do hotel Villa Rasa Marina, em Búzios, que tem travesseiros de pena de ganso e restaurante com cardápio assinado pelo premiado Danio Braga? Pois saiba que esse valor pode cair de forma drástica se você entrar em um dos 40 sites de compras coletivas existentes no Brasil que oferecem até 90% de desconto nos serviços disponíveis em suas páginas. São muitas as barganhas, normalmente relativas a restaurantes e tratamentos em clínicas de estética. A diária do Villa Rasa diminuiu para menos de R$ 300 aos associados do Peixe Urbano (www.peixeurbano.com.br), um dos mais populares.

Tudo funciona de maneira bem simples. Diariamente, os sites publicam uma oferta a cada cidade em que atuam. As promoções ficam no ar por tempo predeterminado. Para que as ofertas sejam honradas, é necessário que uma quantidade variável de pessoas realize a aquisição – daí o termo “coletiva”. É com essa escala de novos pagantes que os estabelecimentos bancam seus descontos.

O pagamento é on-line, mas é preciso ser rápido. Algumas barganhas tendem a se esgotar rápido. Foi o caso das duas diárias que tentei comprar na Pousada das Cachoeiras, na Praia de Maranduba, em Ubatuba, vendidas por R$ 149 – metade do preço normal -, no Clube do Desconto (www.clubedodesconto.com.br). Os sites procuram garantir a qualidade do que ofertam. “Visitamos os locais para saber se têm estrutura para aquela venda”, disse à VT Marcelo Macedo, diretor do Click On (www.clickon.com.br).

Como a inscrição é fácil e gratuita, o número de associados aos clubes cresce rapidamente. Os primeiros sites chegaram ao país no início deste ano. Em setembro, os maiores, como o Click On, já contavam com 1 milhão de e-mails cadastrados cada um. A expectativa é que esse número dobre até o fim de 2010. Com o sucesso, novas páginas surgem a todo instante. Para não ter de caçar na web, uma boa é usar o Save Me (www.saveme.com.br), que agrega as ofertas dos principais clubes de compras.

Os serviços, antes restritos a Rio e São Paulo, estão chegando agora a outras cidades. “Queremos que as pessoas conheçam mais a região onde vivem”, disse à VT Letícia Leite, diretora de comunicação do Peixe Urbano. As ofertas disponíveis para hotéis e passeios são normalmente em locais aos quais é possível fazer um bate e volta no fim de semana. Algumas boas barganhas garimpadas nos clubes em outubro: passeio de jipe pela Floresta da Tijuca, no Rio, por R$ 39 (Peixe Urbano); passeio de barco em Arraial do Cabo, com direito a batismo de mergulho, por R$ 79,90, no Groupalia (www.br.groupalia.com).

Mesmo com crescente procura, os administradores dos sites garantem que é possível manter a qualidade. Como recebem comissão a cada compra realizada, têm responsabilidade para com o consumidor. Para evitar dor de cabeça, procure pagar as ofertas de prestadores conhecidos no mercado.

Continua após a publicidade
Publicidade