Apaixone-se na mistura de pastel de bacalhau com queijo da Serra

Descubra esta combinação improvável

Por Guilherme Tosetto e Maria Ribeiro Atualizado em 6 mar 2020, 15h13 - Publicado em 28 ago 2015, 11h00

Quando se trata de cozinha portuguesa, o assunto é levado a sério. Recentemente, a inauguração da Casa Portuguesa do Pastel de Bacalhau na Rua Augusta, uma das vias mais percorridas pelos turistas na Baixa de Lisboa, levantou uma polêmica gastronômica.

O famoso pastel de bacalhau (bolinho para os brasileiros) com recheio de queijo da Serra, um saboroso queijo de ovelha amanteigado, vendido também no Museu da Cerveja, no Terreiro do Paço, voltou ao centro do debate com a abertura do novo ponto de venda.

Alguns portugueses mais tradicionais (e exaltados) chamaram esta iguaria de um ato de obscenidade. Polêmicas à parte, o pastel, sempre fresquinho, continua sendo muito procurado pelos turistas. O recheio de queijo quente e derretido vem a somar ao já delicioso pastel de bacalhau. A massa é bem uniforme, e por ter um sabor suave não briga com o gosto marcante do queijo da Serra.

O preço não é dos mais convidativos: cada um é vendido por 3,45 euros. Mas se passar pela Rua Augusta, vale a pena experimentar e se envolver nessa deliciosa polêmica.

Casa Portuguesa do Pastel de Bacalhau
Todos os dias, das 10h às 22h
Rua Augusta, nº 106 e 108
Preço: 3,45 euros (por unidade)

Continua após a publicidade
Publicidade