Anac: passagens terão percentuais de atrasos e cancelamentos

Na compra do bilhete, companhias aéreas terão que informar o passageiro seu índice de pontualidade

Por Mônica Cardoso Atualizado em 14 dez 2016, 11h28 - Publicado em 6 mar 2012, 13h25

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) publicou nesta terça-feira, 6, no Diário Oficial da União, resolução que visa ajudar o passageiro a monitorar as companhias aéreas que mais atrasam voos. Agora as empresas – nacionais ou internacionais que atuam no Brasil – deverão informar seus índices de pontualidade e de cancelamentos. A medida entrará em vigor em 90 dias corridos.

Depois de escolher o itinerário e a data do voo, antes de concluir a compra, a empresa deverá divulgar os percentuais médios de atrasos e cancelamentos, seja no site, nas lojas ou nas centrais telefônicas.

Estes percentuais serão apurados mensalmente pela Anac e estarão disponíveis no site da agência. Além dos cancelamentos, será possível checar atrasos iguais ou superiores a 30 minutos.

“Queremos aumentar a concorrência entre as companhias aéreas, fazendo com que elas disputem por qualidade na prestação de serviço”, afirmou Marcelo Guaranys, diretor-presidente da Anac.

Leia mais:

O que fazer em atraso e cancelamento de voos

Leia mais:

Continua após a publicidade

Publicidade