A verdadeira face dos animais-celebridade

Papa-léguas, Nemo, Taz e Snoopy, populares como personagens infantis ou em campanhas publicitárias, saiba onde encontrar os animais que os inspiraram

Por Eduardo Jun Marubayashi Atualizado em 16 dez 2016, 00h48 - Publicado em 15 dez 2011, 14h10

O lobo é mau, o leão, majestoso, e a coruja é sábia.

Animais foram sempre um dos meios mais lúdicos para contar histórias e metáforas, sejam elas infantis ou de teor mais adulto, como o premiado Maus, de Art Spiegelman. Este recurso está presente em clássicos como Os Três Porquinhos, em logomarcas que utilizam pumas e touros ou em símbolos heráldicos com falcões, leões e prosaicas cabras (tal como no brasão da família de Pedro Álvares Cabral). A ideia é sempre conferir uma característica humana aos animais, muitas das quais tem apelo universal, mas não sem exceções. Afinal, lobos podem ser afetuosos, os leões-macho são bem preguiçosos e corujas têm péssima fama em várias culturas.

Seja lá como for, algumas espécies tornaram-se verdadeiras celebridades, povoando nosso imaginário não como o animalzinho inspirador, mas como um simples desenho ou vivendo eternamente fora de seu habitat. Pior ainda, muitas crianças acham que alguns desses bichos são só fruto da imaginação de um cartunista e nem existem de verdade.

Essa galeria traz a você como são de verdade algumas dessas espécies e onde elas podem ser encontradas pelos turistas amantes da natureza.

Continua após a publicidade
Publicidade