5 passeios que vão te provar que (ainda) existe amor em São Paulo

1. Bairro da Liberdade

“Um lugar mágico na Pauliceia para quem, como eu, adora a cultura e a comida asiáticas. Lá, faço minhas compras e descubro sabores. Para levar produtos nipônicos, recomendo a loja Marukai; e, para comer, o Kidoairaku e o Izakaya Issa.”

+ 28 razões para fugir de São Paulo

Foto: divulgação

Foto: divulgação

2. Tan Tan Noodle Bar

“Nada como pegar o metrô, seguir até a estação Fradique Coutinho, em Pinheiros, e apreciar o melhor ramen da capital paulista.”

+ 10 atrações grátis em São Paulo (SP)

Foto: Shoichi Iwashita/Flickr

Foto: Shoichi Iwashita/Flickr

3. Mercado de Pinheiros

“Com as reformas e os novos espaços, é uma viagem pelos quatro diferentes biomas do nosso país, graças à curadoria recente do Instituto Atá. O barato é que a gente não somente encontra produtos bem mais frescos e em conta que no supermercado mas também se veem iguarias que raramente são oferecidas por aí.”

+ 48 Horas em São Paulo: um roteiro pelas principais atrações da capital

Foto: Eduardo Macagnan/Flickr

Foto: Eduardo Macagnan/Flickr

4. Serra da Mantiqueira

“Região pra se desligar do ritmo frenético da capital e se conectar com a natureza do nosso estado. Lá, a gente faz caminhadas, dá pra escalar, acampar… O pico mais bonito é o da Pedra da Mina, com acesso por Passa Quatro. A 2 424 metros, o mais desafiador é o Pico dos Marins, em Piquete. Mais fácil, gosto muito do Pico do Itaguaré, com entrada por Cruzeiro.”

+ Trilha fácil pela Serra da Mantiqueira é diversão para famílias em Monte Verde (MG)

Foto: divulgação

Foto: divulgação

5. Pesca Pinheiros

“É o meu parque de diversão. Para mim, é a loja mais legal do gênero em São Paulo para todos os bolsos. Se você nunca pescou, eles te ajudam a montar um kit bacana e barato. E se já é experiente… É aí que a coisa fica mais legal e perigosa, pois ali tem absolutamente de tudo, é difícil resistir.”

As indicações são de André Mifano, chef e apresentador do The Taste Brasil, do GNT

Texto publicado na edição 252 da revista Viagem e Turismo (outubro/2016)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s