Pousada Zé Maria

Zé Maria é o dono aqui. Mas não daqueles que você nunca vê, pelo contrário. Carismático, ele fica de prosa com os hóspedes e até pesca os peixes para o Festival Gastronômico da pousada – um evento fixo, às quartas e sábados, que reúne viajantes e ilhéus em um farto jantar.

As melhores acomodações são os bangalôs especiais – têm 84 m² e hidromassagem com vista para o Morro do Pico, símbolo da ilha.

Até da sustentabilidade ele participa: cuida da horta hidropônica, cujas verduras são servidas no restaurante e também instalou um sistema para captação da água da chuva e reciclagem de lixo.

Publicidade