Além-mar Rachel Verano rodou o mundo, mas foi por Portugal que essa mineira caiu de amores e lá se vão, entre idas e vindas, quase dez anos. Do Algarve a Trás-os-Montes, aqui ela esquadrinha as descobertas pelo país que escolheu para chamar de seu

Celular em Portugal: invista num chip pré-pago local e economize

Para evitar contas milionárias, nem pense em usar o roaming internacional. O chip pré-pago é de graça e os serviços custam a partir de € 2,80

Por Rachel Verano Atualizado em 30 Maio 2018, 14h20 - Publicado em 28 jan 2018, 21h56
Direto para as redes sociais: já que não dá mais para viajar sem celular, que seja com chip
Direto para as redes sociais: já que não dá mais para viajar sem celular, que seja com chip Bruno Barata/Reprodução

Nos últimos tempos, por coincidência ou por exagero de uso mesmo, tenho ouvido muita gente reclamar de contas milionárias de celular depois de passar uns míseros dias em Portugal. Aquela maldita surpresinha da volta. Eu repito para todo mundo o que sempre disse para quem me pergunta: usar celular brasileiro em roaming no exterior é (e sempre foi) um assalto à mão armada. Já vi gente que paga conta de menos de R$ 200 normalmente alcançar mais de R$ 1.000 sem nem saber como – e na maior parte das vezes só dando aquela checadinha básica nos emails e redes sociais.

A pergunta é: a menos que você realmente precise do seu próprio número de telefone para fazer e receber chamadas convencionais, por que raios precisaria usar a conta do Brasil? Com um chip pré-pago você tem acesso a internet de alta velocidade, pode usar o mesmo número original do whatsapp (ou seja, continua podendo se comunicar e fazer chamadas através do app com o número do Brasil cadastrado no aplicativo) e ainda tem centenas de minutos para ligações locais sem pagar nada a mais por isso. Tudo isso por preços a partir de € 2,80. Oi? 

A verdade é que um chip pré-pago é muito barato e muito simples de comprar e usar em Portugal. Esqueça a burocracia que impera no Brasil – e ainda mais os consumos inexplicáveis que esgotam gigas e gigas de internet da noite para o dia. A telefonia móvel no Brasil é um lixo (em um mês de férias recentes, por exemplo, passei por 7 chips diferentes porque eles simplesmente davam pau). Mas, alento aos viajantes: aqui em Portugal o serviço funciona muitíssimo bem e sem burocracia. Plus: o chip é de graça, só se paga pelo plano escolhido.

A opção mais prática é a Vodafone, operadora que tem uma loja estratégica bem na saída do desembarque no aeroporto de Lisboa. São duas as opções pré-pagas ideias para turistas: a You, com 500 minutos de ligações locais e SMS, desde € 11,99 (com 200MB de internet, válido por um mês; a opção com 3GB sobe para € 17) e a World, também válida por 30 dias, por € 12,50, com 500MB de internet e tarifas especiais para ligações para o Brasil (€ 0,02 por minuto para a rede fixa e € 0,07 para celulares).

Continua após a publicidade

A operadora NOS tem planos bem parecidos, com os mesmos valores – eles se chamam Tudo e Mundo. A diferença é que quem opta pelo plano Mundo não tem que pagar um valor fixo, pode carregar o que quiser e o débito é feito mediante o uso. O valor mínimo de recarga, válido por 15 dias, é de € 7,50. Outra operadora, a MEO tem como principal vantagem para quem vai ficar poucos dias os planos semanais. Eles incluem 500 minutos de ligações e SMS locais e custam desde € 2,80 (para 200MB de internet).

Há dezenas de lojas de todas as operadoras espalhadas pelo país. Um endereço bem central, que concentra as três, é o edifício dos Armazéns do Chiado, no coração do bairro de mesmo nome e do ladinho da estação de metro Baixa-Chiado, em Lisboa.

Reserve a sua hospedagem em Portugal com o Booking.

 

Continua após a publicidade

Publicidade