Porto Alegre: os endereços imperdíveis no 4º Distrito

Por décadas esquecida, a antiga zona industrial agora funciona como hub de inovação durante o dia e centro boêmio à noite

Por Bruno Chaise Atualizado em 20 nov 2021, 01h14 - Publicado em 10 nov 2021, 20h55

Até 1957, Porto Alegre era dividida em seis distritos. O número quatro – onde estão hoje os bairros Floresta, Farrapos, Humaitá, Marcílio Dias, Navegantes e São Geraldo – era destinado exclusivamente a abrigar o polo industrial e impulsionar o desenvolvimento econômico da capital gaúcha. A região viveu alguns anos dourados, mas na segunda metade do século as indústrias começaram a abandoná-la. Em parte porque os aluguéis estavam ficando mais baratos fora de Porto Alegre, mas principalmente por causa dos alagamentos que acometem o 4º Distrito ainda hoje.

A região entrou então em decadência, com galpões degradados, ruas escuras e falta de investimento. Ninguém imaginava que um dia aquele conjunto abandonado se tornaria um dos melhores lugares da cidade para tomar uma cerveja no sábado à noite. A ideia de revitalizar a antiga zona (gaúchos usam muito “zona” para se referir a bairros e regiões) industrial começou a circular em 2011, mas os primeiros bares só foram inaugurados em 2015. A novidade logo chamou atenção: os antigos galpões tiveram suas características originais propositalmente preservadas, mas ganharam luzes neon e outros adereços para garantir cenários altamente “instagramáveis”.

Além das marcações nas redes sociais, o que impulsionou o sucesso do 4º Distrito, que abrange pessoas de todas as faixas etárias, foi a sua localização. A região está próxima de algumas das principais rodovias da cidade, como a Voluntários da Pátria e a Farrapos, e fica a cerca de dez minutos de carro do Centro Histórico e do Aeroporto Salgado Filho.

Balcão do Fuga Bar em Porto Alegre
Balcão de drinks do Fuga Bar um dos queridinhos da região. Crédito: Fuga Bar/Divulgação

Isso facilita o acesso de Uber ou taxi (para aqueles que pretendem beber), já que não é recomendado circular a pé pela região. Além do já mencionado risco de alagamento, o 4º Distrito ainda sofre com o perigo das ruas desertas à noite. Esse é um dos motivos pelo qual a maior parte dos bares abre cedo e fecha cedo, geralmente por volta de meia-noite. O outro é a necessidade de manter uma política de boa vizinhança com os moradores locais.

Mesmo com a restrição de horário, a expectativa é que o 4º Distrito retome o seu protagonismo de outrora, desta vez como um atrativo turístico, e convença forasteiros a permanecer um pouco mais em Porto Alegre, principalmente aqueles que só tem olhos para Gramado ou Bento Gonçalves. Veja a seguir alguns endereços imperdíveis por lá:

4 Beer

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por 4Beer Cerveja e Cultura 🍻 (@4beerpoa)

O 4beer foi um dos primeiros bares a abrir as portas no 4º Distrito em 2016. União dos rótulos gaúchos Polvo Loco e Diefen, o estabelecimento possui 34 torneiras de cerveja, algumas produzidas ali mesmo, e serve petiscos e hambúrgueres. O amplo galpão de clima industrial é pet-friendly e permite recarregar seu growler com alguma cerveja do local.

Onde? Avenida Polônia, 200 – São Geraldo
Quando? De segunda a sexta-feira das 11h30 às 0h e aos domingos das 18h às 0h.

Agulha

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Agulha (@agulha.poa)

Em funcionamento desde 2017, o espaço funciona como bar e casa de shows: a programação eclética vai desde o jazz de vanguarda do trio Metá Metá até a banda mexicana Francisco El Hombre. A decoração do antigo galpão, que fica em uma rua sem saída, reúne móveis que parecem ter sido garimpados em antiquários. Já o cardápio traz rótulos de diferentes cervejas e drinks exclusivos, além de comidas de boteco gourmetizadas.

Onde? Rua Conselheiro Camargo, 300 – São Geraldo
Quando? De quarta-feira a sábado das 19h às 2h e aos domingos das 18h às 0h.

Cubo Cia. Cervejaria

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Cubo Cia. Cervejeira (@cubociacervejeira)

O galpão de 300 m², dividido entre uma área fechada e um pátio com mesas ao ar livre, é casa das cervejarias Suricato Ales e Distrito Brewpub desde outubro de 2020.

Onde? Rua Moura de Azevedo, 237 – São Geraldo
Quando? De quinta a sexta-feira das 18h às 23h e aos sábados das 17h às 23h

Continua após a publicidade

Canto Bar

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Canto Bar (@canto.bar)

Inaugurado em maio deste ano, o Canto Bar possui uma das decorações mais “instagramáveis” entre os bares do 4º Distrito: há desde uma rede de dormir pendurada nos andaimes até a carcaça de um Chevette de onde brotam pequenas palmeiras. No cardápio, cervejas, drinks e vinhos dividem espaço com hambúrgueres, pizzas, pastéis e espetinhos. Devido à alta procura, o lugar só atende mediante reserva.

Onde? Rua Álvaro Chaves, 237 – Floresta
Quando? De quinta-feira a sábado das 18h às 0h

Fuga Bar

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por fuga (@fugabar)

Desde que abriu as portas em 2019, o Fuga é um dos queridinhos da região. Um dos motivos é a sua decoração, que soube explorar bem a ambientação industrial preservando contêineres, pallets e a fachada original. São três ambientes – um com apresentações de música ao vivo – que servem cervejas e drinks autorais. A comida fica por conta de food trucks espalhados no espaçoso pátio externo.

Onde? Rua Álvaro Chaves, 91 – Floresta
Quando? De quinta-feira a sábado das 19h às 0h e aos domingos das 15h às 22h

Além dos bares

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Vila Flores (@vilaflorespoa)

 

Não são somente bares que vêm povoando o 4º Distrito. No bairro Floresta, o antigo complexo residencial Vila Flores recebe atividades socioculturais envolvendo artistas e empreendedores locais, enquanto a Fábrica do Futuro reúne startups com iniciativas voltadas à cultura, gastronomia e educação. A dez minutos de carro, no bairro Navegantes, o Instituto Caldeira é uma mistura de coworking e espaço para eventos. Ainda tem as quadras e as aulas de basquete no Dunk Park e uma zona preservada especificamente para ensaios fotográficos, o Voluntarios_3705, na Avenida Voluntários da Pátria. Para mais informações sobre a região, vale seguir o perfil @quartopoa, que compartilha as novidades do pedaço.

A revitalização do 4º Distrito segue uma tendência mundial de repensar antigas zonas industriais – foi o que aconteceu, por exemplo, com a região conhecida como “22@” em Barcelona. A ideia é que a região se torne mais do que apenas um reduto boêmio, mas também um espaço de colaboração entre o governo, empresas privadas e cidadãos locais com o intuito de criar novas soluções para Porto Alegre.

Leia tudo sobre Porto Alegre

Busque hospedagem em Porto Alegre

 

 

Continua após a publicidade

Publicidade