Interior de São Paulo inaugura maior parque aquático do Brasil

Thermas Acqualinda conta com réplicas de dinossauros, vulcão inspirado em parque de Orlando e rio lento de mais de mil metros

Por Beatriz Neves Atualizado em 21 jul 2022, 21h32 - Publicado em 30 jun 2022, 16h43

O município de Andradina, interior de São Paulo e próximo da divisa com o Mato Grosso do Sul, inaugurou nesta quinta-feira (30) o que está sendo chamado de maior parque aquático do Brasil. O Thermas Acqualinda é um complexo com 371 mil m² com capacidade para comportar até 15 mil pessoas por dia. Com isso, a nova atração toma o lugar da veterana Thermas dos Laranjais, em Olímpia, que ostenta 300 mil m². As piscinas são abastecidas com águas termais do Aquífero Guarani, com temperaturas de 48ºC.

Thermas Acqualinda
Vulcão gigante, inspirado no Volcano Bay, de Orlando, entrará em “erupção” a cada 15 minutos. Thermas Acqualinda/Divulgação

Com atividades para toda a família, o parque aquático conta com quatro áreas temáticas que giram em torno da história de Antón, cientista astronauta que enfrenta inúmeras aventuras com seu cão robô AL-AL 1 e outros personagens que habitam em Acqualinda. Uma das principais atrações é o Parque dos Dinossauros, espaço com cerca de 25 esculturas animatrônicas, localizadas em uma floresta do tempo Jurássico.

Outro destaque é o seu Rio Lento, com mais de mil metros de extensão. Além disso, uma área kids de 2 mil m², piscina baby e infantil, um vulcão gigante de 47 metros de altura inspirado no parque Volcano Bay, da Universal, que entrará em erupção a cada 15 minutos e vários toboáguas. Há ainda uma praia artificial e 150 coqueiros espalhados.

Rio Lento
O Rio Lento do Acqualinda tem mais de mil metros de extensão. Thermas Acqualinda/Divulgação

O Thermas Acqualinda utilizará o sistema de pulseiras NFC e aplicativo para pagamentos, caixas de atendimento expresso, armários automatizados e fila virtual.

Preços

Os ingressos podem ser adquiridos previamente no site. O parque funciona de quarta a domingo, com preços que variam de acordo com o dia da semana. De quarta a sexta-feira os ingressos custam R$ 90 (inteira) e R$ 45 (meia). Aos sábados, R$ 130 (inteira) e R$ 65 (meia). E aos domingos, R$ 150 (inteira) e R$ 75 (meia).

Grupos de até seis pessoas podem comprar o Day Bed, pacote que inclui a locação de um bangalô em uma ilha reservada, no valor de R$ 690. Quem adquirir o Day Bed também poderá usufruir de um bar e banheiro exclusivos, espumante e bandejas com frutas frescas. Há ainda um passaporte em que o usuário pode visitar Acqualinda quantas vezes desejar no período de um ano, que custa R$ 799.

Continua após a publicidade

Como chegar

Da capital paulista, a melhor opção é chegar de carro pela Rodovia Marechal Rondon, viagem de 627 km que dura cerca de sete horas. De outras regiões do Brasil, existe a possibilidade de desembarcar no Aeroporto de Três Lagoas, no Mato Grosso do Sul, a 45 minutos de Andradina. Já o Aeroporto de Araçatuba, em São Paulo, está distante cerca de 1h30 do parque aquático. Os dois aeroportos são pequenos e não oferecem muitas opções de voos.

Hospedagem

O parque aquático também irá dispor de um resort – o Acqua Resort, que terá 484 apartamentos com espaço para 2 mil hóspedes. No entanto, ainda não há previsão de quando o hotel ficará pronto. Até lá, existem algumas opções de hospedagem em Andradina próximas ao parque aquático, como o Hotel Roda D’água e o Savana Park Hotel, ambos distantes 7 km de Acqualinda.

Leia tudo sobre São Paulo

Busque hospedagem em Andradina

Compartilhe essa matéria via:

 

 

Continua após a publicidade

Publicidade