Vou Estudar Fora Por Blog Raquel Marçal ama viajar e aprender línguas e acha melhor ainda quando pode combinar os dois. Acredita que intercâmbio não tem idade e pretende continuar fazendo até os 80 anos

As 10 melhores cidades do mundo para estudantes internacionais

Veja quem foram os dez primeiros

Por Raquel Marçal Atualizado em 16 jul 2019, 18h27 - Publicado em 11 set 2016, 23h36

Todos os anos a QS, especialista em informações sobre educação superior, elabora rankings das melhores universidades do mundo.

A empresa divulga anualmente também uma lista das 75 melhores cidades para quem deseja estudar no exterior. Para chegar às campeãs são aplicados cinco critérios: classificação das universidades nos rankings da QS, a diversidade da comunidade estudantil, facilidade de arrumar emprego depois de formado, além de qualidade e custo de vida.

A população precisa ser de no mínimo 250 000 habitantes, o que exclui da seleção, por exemplo, as tradicionais Cambridge e Oxford, na Inglaterra.

Em 2016, as 10 mais bem colocadas na classificação geral foram:

1. Paris
2. Melbourne
3. Tokyo
4. Sydney
5. Londres
6. Cingapura
7. Montreal
8. Hong Kong
9. Berlim
10. Seul

Paris sustenta o título geral por quatro anos seguidos, ou seja, desde a primeira edição do ranking, em 2012. A campeã no quesito “classificação das universidades locais”, no entanto, é Londres.

Já em diversidade, os australianos são imbatíveis, com Sidney e Melbourne ocupando o primeiro e segundo lugares. Sidney também vence em qualidade de vida para o estudante.

Tokyo está na ponta quando o critério é empregabilidade e Kuala Lumpur, que na classificação geral está em 53o, é a que tem o custo de vida mais baixo entre as melhores.

Continua após a publicidade
Publicidade