5 programas de intercâmbio para quem já passou dos 40

Nos últimos dez anos, escolas de vários países criaram programas voltados especificamente para quem já passou dos 40, 50, 60…

Nos últimos dez anos, escolas de vários países – que antes só atendiam adolescentes, universitários e jovens profissionais – criaram programas voltados especificamente para quem já passou dos 40, 50, 60… Algumas operadoras chegaram a registrar crescimento de 50% desse público nos últimos anos. São adultos que podem viajar na baixa temporada, com o desejo de finalmente realizar um sonho antigo ou que estão pensando em mudar de carreira. Sem contar os aposentados cheios de energia que querem aprender uma segunda ou terceira língua.

Não importa a motivação, muitos optam por programas que combinam o estudo do idioma com outras atividades, como passeios culturais, literatura, arte, música e gastronomia.

Abaixo, cinco desses programas na medida para intercambistas maduros:

Canadá

Batizado de 40+, o programa da escola LSI está disponível em Vancouver e em Toronto, e tem 20 aulas de inglês pela manhã. As tarde são tomadas por atividades como visitas a museus e galerias de arte, excursões nos arredores, idas ao teatro e passeios de barco. A escola oferece o mesmo programa também no Reino Unido (Londres, Cambridge e Brighton), Estados Unidos (San Francisco, San Diego, Nova York e Boston), Nova Zelândia (Auckland), Austrália (Brisbane) e Suíça (Zurique).

Espanha

Para maiores de 50 anos, o curso é na unidade da escola Don Quijote na bela Tenerife, nas Ilhas Canárias. Por semana, são 20 aulas de espanhol mais cinco atividades extras que incluem lições de história da Espanha, arte, política e cultura, além de danças, como salsa e merengue.

Reino Unido

Também para os cinquentinhas, o programa da Anglo Continental, em Bournemouth, tem 20 aulas de inglês por semana e aceita alunos de nível elementar ao intermediário. Você pode estudar de uma a quatro semanas, entre maio e junho ou agosto e setembro. A escola organiza atividades como passeios, idas a pubs e excursões a Oxford, Stonehenge, Bath, Bristol e Londres.

Itália

A escola Dilit, em Roma, tem um programa para pessoas entre 30 e 40 anos e outro para quem já passou dos 50. Com duração de duas semanas, ambos são oferecidos três vezes por ano (abril, junho e setembro) e incluem 20 aulas de italiano por semana, visitas a vinícolas, aulas de culinária, de história da arte e passeios guiados pela cidade com professores do idioma que também entendem de arte, arquitetura e arqueologia.

Malta

São duas semanas, com 20 aulas de inglês por semana, na escola LAL, em Sliema. A turma é pequena, de no máximo seis alunos. É preciso ter mais de 40 anos e nível pré-intermediário do idioma. Depois das aulas, a escola organiza tours por pontos turísticos da ilha, passeios de barco, sessões de cinema, degustação de vinhos e excursões.

*Várias operadoras de intercâmbio trabalham com as escolas acima. Consulte o site da Brazilian Educational & Language Travel Association (Belta).

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Flávio Ferreira

    Uma excelente opção para intercâmbios nos Estados Unidos é a HomestayMatch https://homestaymatch.com/

    Curtir