Heim: o café mais fotogênico (e delícia) de Lisboa

Novidade de 2017, esta esquina de Santos serve um dos melhores "pequenos almoços" do país

A "vitrine" para observar o vai e vem: de camarote A “vitrine” para observar o vai e vem: de camarote

A “vitrine” para observar o vai e vem: de camarote (Bruno Barata/Reprodução)

Ele poderia estar facilmente no bairro de Kreuzberg, em Berlim. Também em Buenos Aires ou no Baixo Pinheiros, em São Paulo. Sabe aquela combinação hipsterizada de plantas everywhere, macramês, luminárias de ares industriais e móveis desencontrados? O Heim Café, numa ruinha de Santos, é assim. 

Do lado de dentro: poucas mesas, plantas e sossego para o tempo passar sem pressa Do lado de dentro: poucas mesas, plantas e macramês

Do lado de dentro: poucas mesas, plantas e macramês (Bruno Barata/Reprodução)

Se fosse só pelo astral, a “casa” (tradução do alemão heim) dos ucranianos Hanna e Misha já valeria a pena. Dá para levar o computador e ficar horas trabalhando. Ou lendo um livro. Ou não fazendo nada, só pensando na vida, vendo o vai e vem a partir dos banquinhos estrategicamente colocados na “vitrine”.

Pequenos detalhes do Heim: tudo fofo Pequenos detalhes do Heim: tudo fofo

Pequenos detalhes do Heim: tudo fofo (Bruno Barata/Reprodução)

Mas o menu do Heim é de matar. Começar o dia com um dos combos de brunch é garantia de alegria pro resto da semana.

Café para dois: já pro instagram! Café para dois: já pro instagram!

Café para dois: já pro instagram! (Bruno Barata/Reprodução)

A opção que eu escolhi aterrizou com ovos mexidos, torrada e salmão defumado, suco de laranja, frutas picadinhas e o surreal waffle (crocante por fora, macio por dentro), servido quentinho com caramelo caseiro, crumble, frutas vermelhas e açúcar de confeiteiro (efeito altamente psicológico para mim).

Ovos mexidos com salão defumado e saladinha

 (Bruno Barata/Reprodução)

Há opções mais gringas, com salsicha e feijão, e light também. E ainda sanduíches, avocados, ovos, saladinhas.

Waffle com caramelo caseiro e frutas vermelhas: de morrer Waffle com caramelo caseiro e frutas vermelhas: de morrer

Waffle com caramelo caseiro e frutas vermelhas: de morrer (Bruno Barata/Reprodução)

Mas a minha gula logo apontou para as french toasts, que estavam deliciosas. As fatias fofas, no ponto, são salpicadas de um crumble crocante, amoras, framboesas e mirtilos.

Para acompanhar, há boas opções de chá, como o de hibisco, e cafés. Só não curti um detalhe: quando pedi um pãozinho extra para acompanhar os ovos, chegaram fatias de pão de forma sem graça nenhuma. Moral da história: contente-se com o que o menu prevê! 

Torradas francesas: fofas, quentes, imperdiveis Torradas francesas: fofas, quentes, imperdiveis

Torradas francesas: fofas, quentes, imperdiveis (Bruno Barata/Reprodução)

As delícias com cara de café da manhã são servidas o dia todo, mas quem quiser tomar um chope, um vinho ou uma sangria também encontra seu lugar ao sol.

Anote ai: O Heim Café fica numa simpática esquina na Rua de Santos-o-Velho, 2 e 4, e abre de 9 às 18h. Gasta-se, em média, € 15 por pessoa por um master café.

Reserve a sua hospedagem em Lisboa com o Booking.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s