Além-mar Rachel Verano rodou o mundo, mas foi por Portugal que essa mineira caiu de amores e lá se vão, entre idas e vindas, quase dez anos. Do Algarve a Trás-os-Montes, aqui ela esquadrinha as descobertas pelo país que escolheu para chamar de seu

Dica de expert: 10 ótimos vinhos portugueses por menos de € 10

Uma lista imperdível para ter sempre à mão, elaborada pela jornalista Maria João de Almeida

Por Rachel Verano Atualizado em 2 mar 2019, 19h36 - Publicado em 27 fev 2019, 20h21
Maria João de Almeida: os melhores vinhos bons e baratos de Portugal
Maria João de Almeida: os melhores vinhos bons e baratos de Portugal Divulgação/Arquivo pessoal

A jornalista Maria João de Almeida é uma das maiores especialistas em vinhos de Portugal. Autora de diversos livros, entre eles o premiado Guia do Enoturismo em Portugal (Zest – Books for Life, € 25), ela é membro do juri de alguns dos mais importantes concursos da bebida no país, consultora dos vinhos de bordo da TAP e também de uma grande rede de supermercados. Pedi a ela uma lista que vale mais que ouro para quem está a caminho da Terrinha: a sua seleção especial de 10 rótulos, entre tintos e brancos, que custam menos de € 10. O resultado, para ter sempre à mão, está a seguir, acompanhado de suas notas de prova:

1 – Muros Antigos Alvarinho branco – Anselmo Mendes  (Vinho Verde)  9,90€
Branco produzido na região dos Vinhos Verdes por um dos mais reconhecidos enólogos nacionais. Fruto tropical, muita frescura e boa estrutura são as principais características deste vinho.

2 – Tyto alba branco – Companhia das Lezírias (Tejo) 7,05€
Um branco que sobressai pelo aroma frutado e mineral. O paladar é frutado e untuoso, envolvente, com excelente frescura.

3 – Pegões Colheita Seleccionada branco – Adega de Pegões – (Península de Setúbal) 3,99€
Um dos brancos de melhor relação qualidade preço de Portugal. Frutado, envolvente, com boa acidez, tudo harmonioso, no ponto certo. Para o preço é realmente surpreendente.

4 – Dona Ermelinda Freitas branco – Casa Ermelinda Freitas (Península de Setúbal) 4,89€
Aromático, frutado, estruturado, fresco, sentindo-se ainda notas de madeira muito bem integradas. Consistente, guloso e muito equilibrado.

Continua após a publicidade
  • 5 – Vale D. Maria Rufo tinto – Quinta Vale D. Maria (Douro)  9,99€
    Rufo significa vermelho em latim, e também o toque do tambor. Assim nasce este tinto elaborado por um dos mais reconhecidos produtor do Douro. Um tinto vivo e frutado que nos acorda as sensações.

    6 – Quinta do Cardo tinto – Agro – Cardo (Beira interior) 5,90€
    Notas florais e balsâmicas. Na boca é denso, com boa presença, vivo na acidez e final persistente. Um tinto que faz a diferença, oriundo de uma região menos divulgada.

    7 – A Descoberta Colheita Tinto – Casa da Passarella (Dão) 4,70€
    Aroma frutado e mineral. Um tinto jovem, com boa frescura, boa presença e estrutura. Final de boca  persistente. Excelente relação qualidade /  preço.

    8 – Quinta de Pancas tinto – Quinta de Pancas (Lisboa) 5,99€
    De aroma frutado com notas de menta e especiarias. Tem boa presença no paladar, fruta de qualidade, frescura e persistência. Surpreende e cativa.

    9 – D. Maria tinto – Júlio Bastos (Alentejo) 7,99€
    Complexo e frutado no aroma, com notas tostadas. Na boca é rico, encorpado, envolvente e persistente, muito equilibrado. Um tinto com personalidade.

    10 – Esporão Colheita tinto 9,90€ – Esporão Vinhos (Alentejo) 9,90€
    Um dos produtores de referência do Alentejo. No aroma evidenciam-se frutos vermelhos e notas balsâmicas. No paladar é concentrado e complexo. Envolvente, sedoso, com estrutura firme e final persistente.

    Continua após a publicidade
    Publicidade