Piacere, Itália! Depois de passar um mês rodando a Toscana, Bárbara Ligero caiu de amores pela terra da bota e se matriculou em um curso de italiano. Atualmente, está aprendendo a gesticular com perfeição

Vinícola na Toscana tem tour e degustação em português

No Chianti, região da Itália famosa por seus vinhos, a Corzano e Paterno produz tintos, brancos, queijos, azeite – e tem guia brasileira

Por Barbara Ligero 19 set 2017, 16h26

Só o caminho que leva até a Corzano e Paterno já faria o passeio valer a pena. No alto de uma colina e cercada por vinhedos, a propriedade fica em San Casciano in Val di Pesa, na região do Chianti.

Lá de cima dá para avistar os 140 hectares da fazenda, cobertos por ovelinhas pastando e plantações de uvas e oliveiras. Dali saem, em um ano comum, quatro variedades de vinho tinto, um vinho branco, um vinho rosé, 14 tipos diferentes de queijo e o azeite de oliva da casa.

Vista aérea da Corzano e Paterno Corzano e Paterno/Arquivo pessoal

Apesar da variedade da produção, o clima na Corzano e Paterno é rústico e acolhedor. E com motivo: desde 1969, a família de proprietários se envolve no dia a dia da fazenda e conta com a ajuda de uma equipe para lá de simpática.

Para nossa alegria, no meio dessa turma há uma brasileira. De São Paulo, Jéssica Hollaender deixou para trás a selva de pedra para viver “sob o sol da Toscana” e hoje é uma das guias responsáveis pelos tours com degustação.

A seleção de uvas Corzano e Paterno/Arquivo pessoal

Essa pode ser uma boa opção para quem está viajando pela Toscana, já que a Corzano e Paterno fica no meio do caminho entre Florença e Siena e a apenas 45 minutos de San Gimignano.

Reservando com antecedência, dá para visitar a propriedade com ela, que vai explicar em bom português como acontece a produção dos vinhos, passando pelos vinhedos e pelos barris até as máquinas de engarrafamento.

Barris da Corzano e Paterno Corzano e Paterno/Arquivo pessoal

Depois, ainda rola uma visita ao local de preparo e armazenamento dos queijos. A especialidade da casa é o Buccia di Rospo, que em italiano significa “boca de sapo” – a aparência dele pode não ser das melhores, mas o sabor, que lembra um pouco o queijo brie, vale a pena.

Também não poderia faltar o tradicional queijo pecorino, típico da região.

A caixa de queijos produzidos na propriedade Corzano e Paterno/Arquivo pessoal
Continua após a publicidade

Você poderá provar tudo isso na degustação, que é feita em um gostoso pátio ao ar livre. No final, será difícil resistir à lojinha que vende todos os produtos.

Toda a experiência dura cerca de 1h30.

Pátio onde são feitas as degustações Corzano e Paterno/Arquivo pessoal

Quem gostar muito do lugar, também pode ficar por lá! A propriedade também funciona como agriturismo e tem quatro casas que hospedam turistas.

Preços
Tour + degustação = € 18 por pessoa
Tour + degustação + brunch = € 30 por pessoa

Horários
De segunda a sábado às 10h30 e às 11h30
De terça e quinta também às 16h

Reservas
shop@corzanoepaterno.it
*Pedir pela guia Jéssica Hollaender

Siga-me no Instagram: @barbara.ligero

 

 

Continua após a publicidade

Publicidade