Itália: os significados da palavra “prego”

"Por favor" ou "de nada"? Saiba em que contextos é usado o termo "prego", provavelmente a palavra que você mais ouvirá quando estiver na Itália

Logo de manhã, alguém segura a porta do elevador para mim. Decido arriscar um grazie e ouço um simpático prego como resposta. Chegando no bar para tomar café da manhã, me aproximo do balcão e logo um garçom me atende: prego, signorina. Faço meu pedido e, alguns minutos depois, lá está o meu capuccino. Enquanto repousa a xícara na minha frente, o barista solta mais um prego.

Começo minha caminhada até o museu e esbarro em alguém – peço desculpas com um mi dispiace e ouço o que? Prego, é claro. Pego a fila da bilheteria, mas o homem na minha frente está esperando alguém. Prego, ele diz, indicando para que eu passasse.

Veja também

Depois de cinco “pregos” em menos de duas horas, me senti tentada a pesquisar o quê, afinal, significava exatamente aquela palavra. Os dicionários italiano-português dão como tradução “de nada”, mas na prática o termo cordial é usado em diferentes situações do cotidiano.

Muito além de uma simples resposta para obrigado(a), o prego desempenha a mesma função do nosso “pois não”. Então, quando ouvir isso de um barista ou um garçom, quer dizer que ele quer que você faça o pedido logo. A palavra é repetida no momento da entrega do prato ou da bebida quase como um “de nada” adiantado, algo na linha do “está aí a sua comida, não tem de quê”.

Veja também

Outro uso comum é na hora de fazer convites e ofertas. Com um único e prático prego, a pessoa pode estar querendo dizer para você se sentar, entrar na sala, passar na sua frente na fila…

Ao mesmo tempo, a palavra pode ser usada para fazer pedidos de modo gentil. “Prego, potrebbe indicarmi…” (você pode me indicar…), “Prego, puoi ripetere?” (você pode repetir?) e “Attenzione, prego” (atenção, por favor) são algumas das possibilidades. Só tome cuidado caso alguém diga “Ti prego“, o que significa “te imploro”.

Ah, e caso você esteja se perguntando, o nosso prego, em italiano, é chiodo.

Siga-me no Instagram: @barbara.ligero

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s