Nova York entre Amigos Sabe aquela amiga que dá dicas, faz o roteiro da sua viagem e avisa quando tem promoção de passagem? Essa é a Talita Ribeiro! E o melhor é que agora ela vive em Nova York e compartilha aqui todos os seus achados na cidade.

Você pode trocar os restaurantes clichês em NY por estes ;-)

Fiz a Bela Gil e te indico agora restaurantes em Nova York que estão fora do padrão das grandes redes e das armadilhas de turistas

Por Talita Ribeiro Atualizado em 25 jul 2017, 18h22 - Publicado em 25 jul 2017, 17h24

Na última semana, encontrei um casal de amigos que, assim como eu, adora comer. Eles ficaram uma semana em Nova York e contaram, animados, sobre os restaurantes que visitaram na cidade. Fizeram apenas uma ressalva, sobre uma rede de massas, que a maioria dos turistas brasileiros vai nos Estados Unidos,

E isso me fez pensar que vale a pena escrever este post ~polêmico~, dando uma de Bela Gil e sugerindo algumas substituições. Mas, como este tipo de texto sempre gera reações apaixonadas, vale destacar: são apenas sugestões, você só aproveita se quiser. Se não, tudo bem também.

Mas, tenho a impressão, você pode se surpreender se sair da rota comum das grandes redes e experimentar outras opções, menos batidas. E bem no estilo #nyc10orless, ou seja, gastando pouco 😉

Você pode substituir…

Os sanduíches do Five Guys não costumam ser muito fotogênicos, mas são deliciosos, assim como as batatinhas fritas, e também custam menos de US$ 10! Jerry Huddleston/Creative Commons/Flickr/Flickr

McDonald’s por Five Guy’s

“Ué, mas você não é contra redes?”, não sou, inclusive confesso que comi um cheddar mcmelt quando fui ao Brasil – porque não tem aqui! O meu ponto é: se você pode comer um Bigmac no seu país, porque não experimentar um sanduíche diferente durante a viagem?

Mais que isso, em Nova York há muitos hambúrgueres melhores, inclusive de redes, como os ogros do Five Guy’s e os famosos do Shake Shack.

Há opções vegetarianas e veganas também, como os do Superiority Burger. Ah! E eu já escrevi sobre o melhor do fast-food em NY aqui no blog 🙂

  • Relacionadas
  • Taco Bells por Los Tacos No. 1

    Carne com “sabor de verdade”, sem conservantes, sem corantes, sem temperos excessivos, feita na hora, na sua frente.

    Precisa dizer mais? O Los Tacos No. 1 é barato também, por US$ 10 você come três tacos e ainda bebe uma Coca mexicana, que é menos doce que a americana, por ser adoçada com açúcar da cana e não xarope de milho.

    TGI Friday’s por Mighty Winn’s Barbecue

    Esse restaurante de churrasco do sul dos EUA – aqui no norte é só hambúrguer e salsicha -, foi o meu achado do último fim de semana.

    Presente em sete endereços na cidade, ele serve vários tipos de carne assada, entre elas: brisket, o peito do boi defumado e super macio, pulled pork, porco assado lentamente e que derrete na boca (meu favorito), e, claro, as famosas costelinhas com molho barbecue.

    Continua após a publicidade

    O prato individual no Mighty Winn’s Barbecue custa a partir de US$ 8,80 e vem acompanhado pela saladinha de repolho (coleslaw) e picles de cebola e pepino. E você pode experimentar várias cervejas locais e de outros estados americanos desde US$ 7 o pint (470 ml).

    Olive Garden por San Marzano ou Peppe Rosso To Go

    No Pepe Rosso To Go você se sente na Itália, com massas deliciosas al dente e molhos simples, mas feitos com ótimos ingredientes. Ah! E sem precisar pagar a conta em Euro no final 😉 Talita Ribeiro/Divulgação

    Eu poderia colocar o Eataly neste tópico, porém, como o mercadão italiano também está presente em São Paulo, decidi sugerir dois restaurantes locais maravilhosos e BARATOS!

    Se você gosta de massa fresca, pode experimentar a do San Marzano, no East Village acompanhada de molho caseiro, cujo prato custa só US$ 9! O meu predileto é o espaguete bem fininho a bolonhesa. Outro destaque é o copo de sangria por US$ 5 e a jarra da bebida, que dá para umas quatro ou cinco pessoas, por US$ 15.

    No Pepe Rosso To Go as massas são secas e sempre servidas al dente, ou seja, mais durinhas. Os molhos também são bem saborosos e o prato de pasta custa desde US$ 8! O pãozinho com azeite apimentado, servidos como cortesia, também valem a visita e você pode aproveitar para conhecer um pouco mais do Soho depois.

    Restaurante de comida brasileira por um de cozinha hispano-americana

    Não se trata de um ser melhor que o outro, mas sim de aproveitar a sua viagem para experimentar temperos e sabores diferentes, não para comer mais do mesmo. Pode ter certeza que eu sei o que é sentir falta do arroz com feijão depois de um tempo fora de casa.

    Porém, a maioria de outros países latino-americanos também serve essa combinação em suas refeições por preços excelentes.

    O meu favorito é o porto riquenho Casa Adela em Alphabet City, que faz um pernil como ninguém, mas há centenas de outros lugares com comidinha caseira e gostosa em NY.

    Por último: troque os restaurantes da Times Square por qualquer coisa!

    E, claro, sempre que possível, evite os restaurantes na região da Times Square, que tendem a ser uma armadilha de turista, seja pelo preço, lotação, sabor ou qualidade da comida servida.

    Uma exceção, caso você não tenha escolha, é o bar esportivo Buffalo Wild Wings, que serve asinhas de frango fritas bem gostosas – vale a pena pedir o molho à parte, para sentir mais o sabor delas.

    Viu, eu disse que ia ser polêmico! 😉

  • Continua após a publicidade
    Publicidade