Mochila Pride A jornalista Ludmilla Balduino leva na mochila uma vontade de percorrer o mundo ocupando as ruas, conhecendo o diferente, conversando com as pessoas e trocando boas ideias

4 razões para viajar com mochilão nas costas (no lugar de rodinhas)

Seja convencido e se deixe levar pela mochila nas costas

Por Ludmilla Balduino Atualizado em 20 set 2019, 14h39 - Publicado em 8 Maio 2015, 00h38

Ainda em dúvida sobre que tipo de bagagem levar na sua próxima viagem? Pois vem comigo: enumerei para você as razões de levar um mochilão nas costas, no lugar de uma mala quadrada e com rodinhas. Ó:

1. Você só vai levar (e trazer) o que realmente precisa

Mentira.Mentira.

Nas primeiras viagens com o mochilão, pode não ser bem assim. Você vai tentar enfiar mil coisas na mochila. E conseguirá embalar tudo. Só que não vai usar nem metade das roupas que entuchou a muito custo na mochila. Vai por mim: fazer mala com opções para escolher depois é furada. Quanto menos objeto você levar na mala, mais livre você estará. E vai voltar da viagem com aqueles papos lindos de que o melhor peso que a gente carrega é o conhecimento – e não coisas materiais. :p

2. Não precisa se preocupar com escadarias e terrenos acidentados

Ou você pode colocar seu cachorro para fazer o trabalho sujoOu você pode colocar seu cachorro para fazer o trabalho sujo

Antigamente, todo viajante carregava uma mala de couro quadradona. Aí alguém teve a ideia de botar rodinhas no troço. Só que isso não alivia o trampo de carregar, do jeito que dá, uma mala de rodinhas numa estação de metrô velha de Roma ou Milão (sem chance de escadas rolantes), ou numa ladeira esburacada de Lisboa ou de São Paulo.

Não tem jeito: vai ser preciso carregar na mão aquela coisa quadrada, que só tem cara de atual porque é feita de material sintético e tem rodinhas que giram para todos os lados. Aham, senta lá. E tem outra: quando você puxa uma de mala de rodinhas num metrô lotado, atropela um monte de gente. Ao usar um mochilão nas costas, você participa do fluxo com mais leveza.

3. O risco de sua mala ser destruída nas esteiras de aeroporto é menor

Mochilões são feitos de pano e tem pouquíssimas partes de plástico. Menos chance de sua bagagem ser detonada nas mãos de funcionários de aeroportos. Além disso, é muito fácil encontrar seu mochilão nas esteiras de bagagem. Afinal, ele não é preto e quadrado como todas as outras malas do planeta.

4. Você vai entrar para a sociedade secreta dos mochileiros anônimos

Fundador: Christopher McCandless (a.k.a. Alex Supertramp)Fundador: Christopher McCandless (a.k.a. Alex Supertramp)

Brincadeirinha. Mas que é verdade, é. Ou não.

Siga-me no Instagram: ludmillabalduino

Continua após a publicidade

Publicidade