Demônio da Garoa Por Blog Meeeeu, cê vai ver que aqui tem de tudo um muito sobre esse mundo chamado São Paulo: restaurantes, botecos, baladas, eventos, praias, esportes… Vale tudo, menos catchup na pizza!

O Lavandário em Cunha: é a Provence entre as serras da Bocaina e do Mar

A dona, a produtora cultural Fernanda Freire, diz que os 14 mil pés são plantados em três levas por ano, então não há risco de as lavandas minguarem

Por Bruno Favoretto Atualizado em 15 fev 2019, 15h08 - Publicado em 4 mar 2015, 20h11

Provence, a mais inolvidável das regiões da França, no sul. Boa vida, boa comida, doucement. Lavandas, ah, as lavandas…

Elas inspiraram mestres como Van Gogh e Matisse.

Se o dólar alto minou seu arroubo de atravessar o oceano até a França, bingo. Vá a Cunha, a três horinhas da capital paulista, terra dos ceramistas e dos Fuscas.

Lá abriu, no ano passado, O Lavandário. Custa R$ 10 e não carece de agendamento. Rola de sexta a domingo (em feriados também).

A dona, a produtora cultural Fernanda Freire, diz que os 14 mil pés são plantados em três levas por ano, então não há risco de as lavandas minguarem.

Ela ainda produz e vende mimos como aromatizadores de ambiente (R$ 70) e até inseticida natural (R$ 25) acrescido de lavanda.

Estrada Cunha-Paraty, km 54

lavandario.com.br

Das 10h ao pôr do sol de sexta a domingo

Continua após a publicidade

Publicidade