7 passeios a até 150 km de São Paulo que você tem de considerar

Aqueles lugares perfeitos para fazer um bate-volta esperto no fim de semana

Eis 7 ideias de passeio para ir com a família, os amigos, a dois, com crianças… Tem coisa que dá pra fazer já e tem coisa que dá para planejar para os próximos dias/meses.

1. Fundação Pinacoteca Benedicto Calixto

Adeptos da praia-cult podem programar um bate e volta cultural para a Baixada Santista e conferir a Pinacoteca de Santos, a 80 quilômetros da capital. Desde 1992 o museu ocupa o belo casarão branco construído em 1900 na orla. O prédio já foi residência de barão do café, pensionato e até asilo. A fundação é toda dedicada ao pintor de Itanhaém Benedicto Calixto (1853-1927) e tem 62 de suas obras.

> Avenida Bartolomeu de Gusmão, 15, Santos, 13/3288-2260; R$ 12

2. Memorial Mazzaropi

Localizado no hotel-fazenda de mesmo nome, heptacampeão do Prêmio VT, tem um pequeno museu que conta a vida do grande ator e cineasta Amácio Mazzaropi  (1912-1981) por meio de fotos, vídeos e painéis interativos. A fazenda também já foi cenário de muitos filmes do Jeca e abrigou um grande estúdio de cinema. Fica em Taubaté, a 145 quilômetros da capital, e aqui estão os preços para cada época do ano.

> Estrada Municipal dos Remédios, 2380, Taubaté, 0800-0117877; grátis

3. Museu de Arte Sacra dos Jesuítas

Instalado na construção em que funcionavam a Igreja de Nossa Senhora do Rosário e a residência dos padres da Companhia de Jesus, esse museu de arte barroca fica bem em frente ao Largo 21 de Abril, que aos domingos acolhe uma agradável feira de artesanato. A feirinha, aliás, é o maior atrativo do município de Embu das Artes (34 quilômetros de São Paulo). Depois ou antes das compras, é possível conhecer o interior da igreja, a sacristia e alguns cubículos, nome dado aos quartos dos padres jesuítas. Do acervo, vale conferir a série de santos de roca e o órgão do século 18 feito por índios da região.

> Largo dos Jesuítas, 67, Embu das Artes, 11/4704-2654; visitas guiadas por R$ 8 (inteira), grátis para idosos e pequenos de até 7 anos

4. Passeio de balão

Os rolês de balão pelas planícies da região de Sorocaba, a 115 quilômetros da capital, saem do Hotel Fazenda Pitangueiras  e terminam com pouso nas cidades vizinhas de Salto ou Araçoiaba da Serra, onde os corajosos são recebidos com espumante. De volta ao hotel, há um substancioso café da manhã à espera. Com duração média de uma hora, o tour é organizado pela Abequar. 

5. Pedra Grande

Aventureiros vão curtir explorar a pedra que é o maior símbolo de Atibaia, a 70 quilômetros da capital. O visual do alto do pico, 1 450 metros acima do nível do mar, é de deixar qualquer um babão: de lá se avistam os domínios de sete municípios. O passeio fica mais seguro com guias locais, como os da Atibaia Turismo. Dá para se exercitar e chegar a pé, por uma trilha de cerca de cinco horas, ou de carro 4×4 num tour de três horas.

6. Templo Zu Lai

Estressados devem ficar superzen no maior templo budista da América Latina, logo ali em Cotia, a meros 34 quilômetros do Centro de São Paulo. A sede, instalada em um prédio ao estilo dos pagodes chineses, é rodeada por tranquilos jardins. Se você acha legal relaxar, mas não se alimenta de luz, vá na hora do almoço para aproveitar o bufê vegetariano do restaurante, aberto nos fins de semana e feriados.

> Estrada Municipal Fernando Nobre, 1461, Cotia, 11/4612-2895

7. Zooparque

O maior zoológico particular do Brasil fica em Itatiba, na Rodovia das Águas, a cerca de 100 quilômetros de São Paulo, e tem mais de mil animais de 180 espécies diferentes. A trilha única de 3 quilômetros que percorre os recintos nos quais vivem os animais faz o maior sucesso com a garotada. Animam principalmente os bichos maiores, como a família de rinocerontes-brancos, e as áreas com bichos soltos, como o espaço do lago que abriga tuiuiús e araras.

> Rodovia Dom Pedro I, km 95, Itatiba, 11/4487-8883; desde R$ 15

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.