Separatismo na Catalunha: como isso afeta sua viagem agora?

Dicas para evitar perrengues e tumultos em Barcelona

Hoje é dia de greve geral na Catalunha e escrevo este texto enquanto helicópteros sobrevoam o meu bairro e sirenes ecoam por toda a cidade. Se você tem acompanhado os noticiários, deve saber que Barcelona está literalmente em chamas esta semana, devido às manifestações contra a condenação, por parte do Tribunal Supremo da Espanha, de nove líderes separatistas da Catalunha a penas de 9 a 13 anos de prisão. Esta reportagem resume o que aconteceu esta semana e, caso você queira entender a questão do independentismo catalão, recomendo ler esta análise do Nexo Jornal.

Na segunda-feira, tive a “sorte” de aterrissar na cidade no exato momento em que milhares de manifestantes tentavam ocupar o aeroporto de El Prat. Assim como vários turistas estrangeiros, dei de cara com uma tropa de choque bloqueando os acessos ao metrô, estradas fechadas e um clima tenso. Graças a um taxista extremamente ninja, no entanto, consegui chegar em casa sem grandes perrengues. Mas sei que muita gente teve que passar o dia no terminal e/ou perdeu voos por causa do tumulto. Infelizmente, pelo andar da carruagem, parece bastante improvável que a situação se estabilize a curto prazo.

É o melhor momento para visitar a Catalunha? Certamente não, ao contrário do que pensa o Ministro do Interior, Fernando Grande-Marlaska, que acaba de dar uma declaração tresloucada, dizendo que atualmente “se pode visitar Barcelona com total normalidade”. Hoje, por exemplo, até a Sagrada Família teve que fechar devido a um protesto organizado às portas da igreja. Vários museus também não abriram por causa da greve geral e, por precaução, o Parc de la Ciutadella (onde fica o parlamento) passou a semana bloqueado. Ou seja, normalidade?

Por outro lado, apesar do caos, não creio que você colocará a sua segurança em risco vindo para cá. Aos que estão com passagem marcada, eis o que recomendo:

1. Venha com espírito de aventura, leveza e flexibilidade para não perder as estribeiras com possíveis voos ou viagens de trem cancelados, atrações interditadas e outros imprevistos.

2. Contrate um bom seguro-viagem, que cubra gastos gerados pelos eventuais perrengues listados acima.

3. Em condições normais de temperatura e pressão, hospedar-se no centro de Barcelona é sempre uma boa ideia. Mas, na atual circunstância, o melhor é escolher um hotel um pouco mais afastado, para que você possa pelo menos dormir sem tumulto embaixo da sua janela, além de entrar e sair sem problemas, já que muitas ruas estão sendo cortadas diariamente devido a manifestações. Duas boas opções são os bairros de San Gervasi (chiquérrimo e bem localizado) e Poble Nou (moderninho e perto da praia).

4. Fique longe das zonas mais “calientes” de Barcelona, principalmente à noite. As áreas mais turbulentas geralmente são:

  • Via Laietana, onde fica o QG da Polícia Nacional (comandada pelo governo central espanhol, o inimigo número 1 para o independentismo).
  • Eixo Passeig de Gràcia – Plaça Catalunya, onde rolam as grandes manifestações.
  • Bairro Gótico, principalmente nos arredores da Plaça Sant Jaume, onde fica a sede do governo catalão (Generalitat) e a prefeitura.
  • Imediações do endereço da Delegação do Governo da Espanha na Catalunha, na Carrer de Mallorca entre Pau Claris e Roger de Llúria.

5. Siga a Guardia Urbana de Barcelona no Twitter (@barcelona_GUB) e os Mossos de Escuadra (@mossos), a polícia catalã, para saber quais ruas e estradas estão fechadas, entre outras informações importantes.

6. Tenha em mente que a imensa maioria das manifestações são pacíficas. Se quiser participar e ver de perto este momento histórico da Catalunha, será bem-vindo. No entanto, nos últimos dias, a coisa tem degringolando na medida que anoitece, graças a uma minoria radical, violenta e desmiolada, que vem colocando fogo em latões de lixo, vandalizando geral e – consequentemente – levando porrada da polícia. Essas imagens de fogo e conflito rodam o mundo e passam a ideia de que Barcelona é um lugar perigoso atualmente. Mas, usando um mínimo de bom senso e seguindo as dicas anteriores, você só se mete numa dessas se quiser.

7. Evite viajar de carro. Estradas estão sendo bloqueadas com frequência nos últimos dias.

Procure acomodação em Barcelona

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s