Achados Adriana Setti escolheu uma ilha no Mediterrâneo como porto seguro, simplificou sua vida para ficar mais “portátil” e está sempre pronta para passar vários meses viajando. Aqui, ela relata suas descobertas e roubadas

Paixão à primeira vista por Utrecht: a cidade que você precisa conhecer na sua próxima viagem à Holanda

Por Adriana Setti Atualizado em 27 fev 2017, 15h20 - Publicado em 18 Maio 2015, 18h52

Minha última viagem pela Holanda foi corridíssima e intensa, passando por várias cidadezinhas do interior do país, além de Amsterdã e Haia. O momento “para tudo que eu me apaixonei” aconteceu em Utrecht, cidade que indico sem dúvidas para o Oscar de destinos mais subestimados da rota europeia. Como é que ninguém fala de Utrecht?

Numa cidade de 330 mil habitantes, 90 mil deles se deslocam DIARIAMENTE em bici

Numa cidade de 330 mil habitantes, 90 mil pessoas se deslocam DIARIAMENTE em bici

Dá pra definir a cidade como uma mini Amsterdã com muito menos turistas. Mas Utrecht tem um jeitão bem próprio. Sua marca registrada são os canais com as margens rebaixadas e ocupadas por antigos galpões que hoje em dia são bares e lojas (veja a foto abaixo para entender), o que lhe confere um baita charme extra.

Da para curtir o canal bem de perto, ao contrário do que acontece em Amsterdã

Dá para curtir o canal bem de perto, ao contrário do que acontece em Amsterdã

Utrecht - 1 Utrecht - 12  Utrecht - 16 Utrecht - 26

Com 330 mil habitantes, Utrecht abriga uma animadíssima comunidade de 70 mil estudantes matriculados em sete universidades. É por isso que, em pleno dia de semana, os bares estavam fervendo de gente que visivelmente não era turista (fiquei pensando de onde teriam saído todas aquelas pessoas até que lembrei da proporção bar/sala de aula dos meus tempos da PUC e tudo fez sentido).

A cidade animadíssima num dia de sol de primavera, no meio da semana

A cidade animada num dia de sol de primavera, no meio da semana

Climão de cidade universitária

Climão de cidade universitária

Uma das mais antigas da Holanda, a cidade foi fundada no ano 47 – quase dois mil anos atrás – com a construção de um castelo fortificado erguido pelos romanos no lugar onde hoje está a catedral. Entre os séculos 12 e 16, Utrech foi a maior e mais importante urbe dos Países Baixos.

A Dom Tower, com 112 metros e altura, é a maior do país e principal atração turística. Também há museus importantes a ver. Mas a grande delícia é bater perna por suas ruas e canais. É impressionante a quantidade e a qualidade dos brechós da cidade! Também pirei de verdade nas lojinhas de design. Dá pra sentir no ato que Utrech é um núcleo criativo. Com mais tempo, vale a pena alugar uma bike e rodar pelos castelos e parques dos arredores. Imperdibilíssima, a cervejaria Oudaen ocupa um castelo cujas origens rementem ao século 12. A comida é bastante razoável e o visual do lugar é incrível.

A cervejaria Oudaen vista de fora

A cervejaria Oudaen vista de fora

Continua após a publicidade
E o lugar por dentro: um castelo do século 12

E o lugar por dentro: um castelo do século 12

A magnífica Dom Tower, visível de toda a cidade

A magnífica Dom Tower, visível de toda a cidade

Utrecht - 3 Utrecht - 8 Utrecht - 28 Utrecht - 27 Utrecht - 30

A cidade está passando por uma enorme reforma que a deve deixar ainda mais bonita e agradável. Em 2015, a largada do Tour de France será dada em Utrech, o que vem gerando burburinho e eventos especiais desde já. Este também é o ano do aniversário do coelhinho Miffy, um ícone holandês que “nasceu” em 1955 (há um museu dedicado ao bichinho, o Miffy Museum, bacaninha para quem viaja com crianças) na cidade, pelas mãos do designer gráfico Dick Bruna. O lado ruim é que, até 2019, você certamente topará com algumas obras. A estação de trem está em reformas, além de várias ruas que dão acesso ao centro. Como alternativa, dá pra fazer o caminho da estação ao centro por dentro de um imenso shopping center.

Utrecht fica a 27 minutos de trem de Amsterdã. Ou seja, pode ser um programaço de bate e volta, facílimo de fazer (€14,80 ida e volta). Agora, pensando bem, o inverso também pode ser interessante. Você pode ficar hospedado em Utrecht pagando acomodação mais barata e fazer bate e volta para Amsterdã. É uma, hein?

A boa vida dos estudantes de Utrecht

A boa vida dos estudantes de Utrecht

Brechós incríveis estão espalhados pela cidade

Brechós incríveis estão espalhados pela cidade

E cafés charmosos...

E cafés charmosos…

E intervenções criativas

E intervenções criativas…

Dá pra sentir que é um lugar de gente descolada e criativa

Dá pra sentir que é um lugar de gente descolada e criativa, não?

Bici estacionada sem cadeado. Ah, se o mundo fosse uma grande Holanda!

Bici vintage estacionada sem cadeado. Ah, se o mundo fosse uma grande Holanda!

Vintage no último

Vintage no último

Utrecht - 21 Utrecht - 20

Siga @drisetti no Twitter e no Instagram

Continua após a publicidade
Publicidade