Achados Adriana Setti escolheu uma ilha no Mediterrâneo como porto seguro, simplificou sua vida para ficar mais “portátil” e está sempre pronta para passar vários meses viajando. Aqui, ela relata suas descobertas e roubadas

O que pedir nos bares de tapas (pintxos) de San Sebastián

Por Adriana Setti Atualizado em 27 fev 2017, 15h17 - Publicado em 10 jul 2015, 09h58

Ir a um bar de tapas em San Sebastián é uma experiência bastante diferente do que no resto da Espanha.  No País Basco, os quitutes ganham o nome de pintxos. Mas a diferença não está apenas na maneira de falar, as receitas também variam. Ainda que o céu seja o limite para a criatividade de cada bar, há algumas fórmulas e ingredientes super típicos da região que merecem ser degustados. Eis alguns exemplos:

 

1. Gilda

É o pintxo mais básico e mais clássico do País Basco, feito com uma anchova, uma azeitona e uma guindila (um tipo de pimenta) espetada num palitinho. Diz a lenda que o quitute foi inventado por um bar de San Sebastián em 1946 em homenagem ao filme Gilda, lançado naquele ano, protagonizado por Rita Hayworth.

 

2. Foie gras na chapa

Polêmicas à parte sobre o foie gras, em San Sebastián o ingrediente é consumido à rodo e sem dramas. Os pintxos clássicos trazem uma generosa fatia de foie gras feito na chapa, com uma casquinha crocante por fora e molinho por dentro. Em geral, é acompanhado de um pouquinho de geleia de maçã ou frutas vermelhas. De comer de joelhos.

 

3. Carrilleras

Sim, senhores: bochechas. E não tenha nojinho de provar. De vaca ou de porco, trata-se de uma iguaria. Em geral, é preparada com algum molho (de vinho, por exemplo).

Carrillera de vaca com molho de vinho (foto do bar Gandarias)

Carrillera de vaca com molho de vinho (foto do bar Gandarias)

 

4. Tarteletas de txangurro

O txangurro é um caranguejo gigante, conhecido como centolla no resto do país. Ele aparece em N receitas de pintxos. Mas o quitute mais típico é a tarteleta, com um “barquinho” de massa recheado com um creminho à base de txangurro.

 

5. Queijo idiazábal

É o queijo mais emblemático do País Basco, bem seco e feito com leite de ovelha. Uma delícia para acompanhar o vinho.

 

6. Manitas de cerdo

Continua após a publicidade

Mais um desafio à turma do nojinho: “mãozinhas de porco”. Os bascos vão ao delírio com essa iguaria. Confesso que não tive as manhas.

 

7. Kokotxa

É uma parte muito específica do “papo” da merluza (pescada) ou do bacalhau. Em geral servido com um molhinho.

 

8. Tortilla de patatas

Ok, se come tortilla (omelete) de batatas na Espanha inteira. Mas no País Basco ela é bem mais gostosa. O interior é mais molinho (menos cozido) e a batata vem mais desfeita, em pedacinhos menores. Bom demais.

 

9. Anchovas

A anchova do mar Cantábrico é um dos produtos que são motivo de orgulho nacional. Imperdível. Há várias receitas de pintxos com anchovas. Pode ir sem medo.

 

10. Txacoli

O clima e o relevo do norte do País Basco não são ideais para o cultivo das uvas em geral. A uva txacoli é uma exceção. A partir dela, é produzido um vinho branco levemente frisante, bem fresquinho e ideal para o verão. A bebida é servida de uma altura de um metro (melhor deixar isso com alguém experiente), como a sidra – outra bebida típica da região, mas em geral consumida especificamente em sidrerias.

 

 

 

 

 

 

 

Continua após a publicidade

Publicidade