Niño Viejo, o novo restaurante low cost de Albert Adrià

Deste que El Bulli, então melhor restaurante do mundo, fechou as portas em 2011, a cozinha dos irmãos Ferran e Albert Adrià ficou mais acessível aos mortais. Tendo Albert à frente, enquanto Ferran se dedica à criação de sua fundação, os maiores gênios da cozinha espanhola ergueram um pequeno império no bairro de Sant Antoni que já conta com quatro restaurantes. O mais novo e acessível deles acaba de abrir as portas e está funcionando em soft opening. Niño Viejo é uma autêntica taquería, com os clássicos da street food mexicana executados à perfeição e com um toque criativo: ceviche, salada de nopal, tacos, mole… Quando estiver a pleno vapor, ficará aberto da 1 da tarde às 2 da manhã, funcionando como coquetelaria (focada na tequila e no mescal, claro) a partir da meia-noite. Os apetites normais sairão satisfeitos por cerca de € 25. Pense num lugar que vai bombar…

 

Em sua primeira segunda aventura latino-americana (a primeira foi o nipo-peruano Pakta, aberto no ano passado), Albert Adrià é sócio do jovem chef mexicano Paco Méndez. Para assumir a responsa, ele passou dois anos sendo “adestrado” por Albert na cozinha do Tickets. As receitas são de babar: simples, coloridas, frescas. Clique neste post do Javi Antoja, diretor da revista de gastronomia Apicius, para ver um passo a passo do menu degustação. O lugar combina com a simplicidade da proposta. Tem mesinhas cobertas com toalhas coloridas, banquinhos, paredes coloridas e pouca firula — neste outro post você vê fotos do lugar.

 

O site do Niño Viejo ainda não está no ar, mas já dá para fazer reservas pelo email reservas@ninoviejo.es e pelo telefone 34-93/348-2194 (eu já tenho data pra ir e conto detalhes pra vocês assim que voltar de lá).

 

E mais: até o fim do mês de setembro está prometida a inauguração do Hoja Santa, outra parceria entre Paco Méndez e Adrià, com um perfil de alta gastronomia.

 

Outro restaurante incrível by Adrià é o bar de tapas Tickets (espere gastar uns € 80). No nipo-peruano Pakta, há dois menus degustação, um de € 95 e outro de € 125 (ambos com mais de 20 pratinhos). Mais simples, a Bodega 1900 é um bar à moda antiga para beliscar umas tapas e tomar um vermouth.

 

Siga @ drisetti no Twitter e no Instagram

 

 

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s