Achados Adriana Setti escolheu uma ilha no Mediterrâneo como porto seguro, simplificou sua vida para ficar mais “portátil” e está sempre pronta para passar vários meses viajando. Aqui, ela relata suas descobertas e roubadas

Matando as saudades de São Paulo (e do Brasil)

Por Adriana Setti Atualizado em 27 fev 2017, 16h01 - Publicado em 2 dez 2009, 19h52
Painel dos Gêmeos no centro de São Paulo: urra meu, que saudades disso tudo!

Painel dos Gêmeos no centro de São Paulo: urra meu, que saudades disso tudo!

Por uma série de circunstâncias felizes (entre elas o fato de meus pais terem passado este último ano comigo em Barcelona), acabei batendo um record infeliz: há dois anos não vinha ao Brasil, uma façanha da qual jamais me imaginei capaz – e da qual não me orgulho.

Ao contrário do que muita gente pensa, apesar de morar fora há quase 10 anos, ainda estou muito intimamente ligada ao Brasil (inclusive profissionalmente, escrevendo para a Viagem & Turismo e várias outras publicações brasileiras, além deste blog, claro). E me ver pela primeira vez totalmente por fora do cotidiano brasileiro foi um choque pra mim.

“CPF na nota? Como assim?”, “Gente, quem é a Céu?”, “Onde é o bar Secreto?” e “Certeza que a conta do boteco deu 120 reais por pessoa?” e “O Flamengo campeão??” foram algumas das milhares de perguntas que fiz na última semana,  enquanto tentava desesperadamente organizar a minha agenda para matar as saudades de tudo, sobretudo, de todos.

É incrível como as coisas andam rápido no Brasil ultimamente. Enquanto a Espanha vive um clima de fim de feira, com a crise econômica arrasando quarteirões, aqui a sensação é de que tudo pode, finalmente, acontecer. Dá gosto de ver.

Mais perdida do que arame de pão Pullman, acho difícil que me sinta confiante o suficiente para postar sobre “Achados” em São Paulo. Por isso mesmo, peço desculpas por isso aqui ter andado meio devagar na última semana. Nos próximos dias, postarei de um lugar do qual também matarei saudades: Jeri. Me aguardem.

Continua após a publicidade
Publicidade