Achados Adriana Setti escolheu uma ilha no Mediterrâneo como porto seguro, simplificou sua vida para ficar mais “portátil” e está sempre pronta para passar vários meses viajando. Aqui, ela relata suas descobertas e roubadas

Barcelona de bicicleta, parte 3: Um roteirão completo pela cidade

Por Adriana Setti Atualizado em 27 fev 2017, 15h48 - Publicado em 21 abr 2012, 08h06

Reprodução de parte da ilustração lindinha, publicada na VT (de Maurício Pierro)


O roteiro abaixo até pode ser feito de uma tacada só, em umas duas ou três horas. Mas não é essa a ideia. Ao longo do caminho, eu indico restaurantes e bares legais, além de algumas das principais atrações da cidade. Para quem visita a cidade pela primeira vez, é quase o programa perfeito para fazer em três dias — você só teria que incluir aí um belo passeio pelos bairros do centro (Gótico, Born e Raval), que são uma roubada para ciclistas por causa das ruas estreitas lotadas de turistas.

 

Esse roteiro é a versão completa do que saiu na matéria publicada na edição de novembro da VT, com um mapinha ilustrado lindo. (Clique aqui para ver o roteiro publicado na revista. Você ainda pode baixar a edição, grátis, no Ipad!!!). Impriminto ESTE MAPA no Google Maps, você terá uma ideia melhor do caminho certinho a fazer.

 

 

Barcelona de bici

 

Ponto de partida: Arc de Triunf.

 

Descer pelo Passeig Lluís Companys em direção ao Parc de la Ciutadella.

 

Descer pela Av. Wellington, virar na Ronda Litoral e descer em direção à praia entre as torres “gêmeas” pela Av. Marina.

 

Fazer todo o calçadão rente à praia até onde tiver vontade – passando pelas praias de Nova Icaria, Bogatell e Mar Bella — e voltar, dessa vez esticando até o hotel W da Barceloneta passando rente à praia.

 

Subir o Passeig Joan de Borbó, onde está o restaurante La Mar Salada no número 58 e seguir pelo Moll de la Barceloneta –  o calçadão que ladeia a Marina Port Vell.

 

Continuar até o Passeig Colón até chegar na Av. Paral-lel, onde estão os bares Tickets e 41 Grados, de Ferran Adrià

Continua após a publicidade

 

Subir pela ciclovia do Paral-lel (para evitar as Ramblas, uma roubada para ciclistas) até a Plaça de Espanya, onde estão o MNAC  e o Caixa Forum  e o shopping Arenas de Barcelon.

 

Seguir pela Av. Tarragona até o Parc Joan Miró.

 

Virar na carrer Concell de Cent e atravessar o bairro modernista do Eixample até a esquina do Passeig de Grácia, onde há duas casas do Gaudí, Battló no número 43 e Milá no número 92.

 

Continuar pela Concell de Cent até subir a Carrer Sicilia até dar com a Sagrada Familia e na Marisqueria La Paradeta.

 

 

Total: 15,6 quilômetros.

 

Siga @drisetti no Twitter

 

 

 

 

 

Total: 15,6 quilômetros

 

Roteiro no Google Maps: http://g.co/maps/37c8q

Continua após a publicidade

Publicidade