Achados Adriana Setti escolheu uma ilha no Mediterrâneo como porto seguro, simplificou sua vida para ficar mais “portátil” e está sempre pronta para passar vários meses viajando. Aqui, ela relata suas descobertas e roubadas

Três novidades culturais em Barcelona

Um museu de arte contemporânea, um novo centro cultural e uma exposição imersiva sobre Van Gogh são as boas novas

Por Adriana Setti Atualizado em 28 out 2021, 17h26 - Publicado em 28 out 2021, 15h29

Assim como em outros lugares do mundo, vários lugares icônicos fecharam de vez devido à pandemia em Barcelona. A boa notícia, no entanto, é que muita coisa está florescendo na cidade, em uma velocidade surpreendente. Aqui vão algumas ótimas novidades do setor cultural:

Moco Museum 

Grande novidade da capital catalã, o Moco Museum Barcelona é a primeira “filial” do museu homônimo de Amsterdã, aberto em 2016. O endereço não podia ser mais nobre: a Calle Montcada, no bairro do Born, coladinho ao Museu Picasso. Instalado no palacete medieval onde a família de nobres Cervelló viveu até o século 17, o novo centro cultural nasce com a proposta de trazer um mix de nomes consagrados e novos talentos para expor sob seus belos arcos de pedras à vista.

O acervo é robusto. Entre os modernos, há Andy Warhol, Jean-Michel Basquiat, Salvador Dalí, Keith Haring, entre outros. Já no balaio dos contemporâneos você vai encontrar David LaChapelle, Damien Hirst, Hayden Kays, Harland Miller, Julian Opie, Nick Thomm e Takashi Murakami. As exposições temporárias também prometem. Atualmente, há uma sobre Banksy em cartaz, entre outras.

Uma das salas do novo Moco
Uma das salas do novo Moco. Crédito: Moco Museum/Divulgação

Van Gogh em Barcelona

No dia 25 de novembro, estreia em Barcelona a esperadíssima “exposição imersiva” El Mundo de Van Gogh, que acontecerá sob a cúpula do Arenas de Barcelona, uma antiga praça de touros que foi transformada em shopping. A experiência promete uma viagem sensorial ao universo do pintor holandês, a partir de uma “porta para o interior do artista, permitindo ao visitante ver e sentir o mundo através dos olhos de um dos pintores mais enigmáticos e reconhecidos do mundo da História da Arte”.

Esse tipo de exposição imersiva, em alta nos últimos anos, pode ser uma ótima forma para que as crianças tomem um primeiro contato com a arte – ou para conquistar aqueles que ficam entediados em museus. A obra do artista é ampliada em uma projeção colossal que, com técnicas de inteligência artificial, torna as pinturas tridimensionais e animadas, numa explosão de cores e texturas (contraindicado para quem sofre de labirintite). A exposição estará em cartaz até 21 de março.

Continua após a publicidade

Uma projeção gigante dá vida à obra de Van Gogh
Uma projeção gigante dá vida à obra de Van Gogh. Crédito: El Mundo de Van Gogh/Divulgação

Casa Seat

Em uma das esquinas mais nobres de Barcelona, a Casa Seat é um centro cultural bancado pela Seat, marca de automóveis espanhola. Inaugurado em abril, com um visual high tech e grandes paredes de vidro que se abrem para um jardim, o espaço é um mix de showroom da marca, coworking, restaurante e centro cultural focado em mobilidade urbana, tecnologia e sustentabilidade. Há sempre uma exposição bacana rolando e uma agenda de eventos com debates, workshops, palestras etc.

Casa Seat: mix de coworking, restaurante e centro cultural focado na mobilidade urbana e na sustentabilidade
Casa Seat: mix de coworking, restaurante e centro cultural focado na mobilidade urbana e na sustentabilidade. Crédito: Casa Seat/Divulgação

Busque hospedagem em Barcelona 

Leia tudo sobre Barcelona

Continua após a publicidade

Publicidade