Praça da Liberdade

Avaliação do Guia Quatro Rodas starsstarsstarsstarsstarsNão deixe de ir

Com jardins inspirados no francês Palácio de Versalhes, a praça foi, por muito tempo, o centro do poder político mineiro. Em 2010, tornou-se o centro da cultura da cidade (e um dos lugares favoritos dos belo-horizontinos para passear): edifícios do século 19 começaram a ser convertidos em centros culturais e museus, como o Memorial Minas Gerais – Vale, o Espaço TIM UFMG do Conhecimento, o Museu das Minas e do Metal, o Centro de Arte Popular Cemig, o Museu Mineiro, o Centro Cultural Banco do Brasil e o Palácio da Liberdade, antiga sede do governo.

A Biblioteca Pública e o Arquivo Público Mineiro também ficam aqui. Mas o projeto não está finalizado: o Museu do Automóvel (no Palácio da Liberdade), a Escola Inhotim (no Palacete Dantas e no Solar Narbona) e a Casa Fiat de Cultura (no Palácio dos Despachos) estão entre as inaugurações iminentes do lugar.

Nas noites de quinta-feira, os museus ficam abertos até mais tarde. 

Informações

local_parking
Estacionamento Sem estacionamento
Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.