Passeio de bugue até Genipabu

O bugueiro pega você no hotel por volta das 9h para um roteiro que pode incluir nove praias, quatro parques de dunas e três lagoas. A primeira parada, opcional, é no Aquário Natal. Em seguida, o bugue sobe as dunas – lá no alto você observa o visual da Lagoa de Genipabu, a Praia de Genipabu e, se quiser, faz um passeio de dromedário (20 minutos, R$ 15). A aventura continua na Lagoa de Pitangui, onde dá para tomar banho e brincar com caiaques e pedalinhos. Dali, vale optar por seguir ao parque das dunas móveis. O desvio torna o roteiro mais caro e longo, mas é no parque que o veículo desliza pela areia “com ou sem emoção”, de acordo com a vontade dos passageiros, que também podem fotografar o belo cenário. Depois de tanto sobe e desce, o passeio segue pela beira da praia até a última atração, a Lagoa de Jacumã. A diversão é descer a duna e cair na água de três maneiras divertidas (R$ 10 cada): esquibunda (você desce sentado em uma prancha de madeira), aerobunda (tirolesa) e o ultrarrápido kamikaze (tobogã de lona no qual a descida é feita sobre uma prancha ou uma espécie de tapete). O passeio termina um almoço (pago à parte) em um dos restaurantes da Praia de Muriú – a chegada a Natal ocorre por volta das 16h. R$ 440 por bugue para até quatro pessoas, mais R$ 5 por pessoa para a travessia de balsa no Rio Ceará-Mirim; quando o passeio inclui o parque das dunas móveis, é preciso pagar mais R$ 10 por pessoa (ingresso) e negociar um valor com o bugueiro, que pode variar entre R$ 100 (baixa temporada) e R$ 200 (alta). .

Publicidade