Parque Nacional da Tijuca

Avaliação do Guia Quatro Rodas starsstarsstarsstarsstarsNão deixe de ir

O Parque Nacional da Tijuca, no Rio de Janeiro (RJ), é o parque nacional mais visitado do Brasil (2 milhões de pessoas por ano). Amado por suas trilhas e estradas, preserva os mananciais que abastecem o Rio e ajuda a amenizar o clima.

A antiga região cafeeira foi reflorestada a mando de Dom Pedro II e, em 1961, virou parque, dividido em quatro setores: Floresta da Tijuca, Serra da Carioca, Pedra da Gávea e Pretos Forros/Covanca.

O segundo é o mais visitado, com os cartões-postais Mirante Dona Marta, Mirante Vista Chinesa (1903) e Cristo Redentor (1931). Para caminhar, siga aos núcleos Pedra da Gávea ou Floresta – onde fica a sede. Há mais de 100 trilhas, como as que levam às pedras Bonita e da Gávea. Para a maioria, é necessária a companhia de guia (peça indicação na sede).

Acesso

O setor Floresta da Tijuca tem dois acessos: pela Barra (Estrada das Furnas) ou pela Tijuca (Estrada Edson Passos, sentido Alto da Boa Vista). A Estrada das Paineiras, a partir do Cosme Velho, é a melhor via para o setor Serra da Carioca (para a Vista Chinesa também é possível ir pela Estrada Dona Castorina, no Jardim Botânico). Para a Pedra Bonita, pegue a Estrada da Canoa (via Estrada do Joá, em São Conrado); para a da Gávea, a Estrada Surimã (via Barra).

Melhor época

O período entre o outono e o inverno é melhor para caminhadas, rendendo um visual mais limpo.

Informações

Centro de Visitantes Setor Floresta da Tijuca (entrada pela Praça Afonso Viseu, s/n, Alto da Boa Vista; 2492-2252); Centro de Informações do Parque Lage (2492-2253). Grátis. 8h às 17h. O parque indica guias.

Informações

local_parking
Estacionamento Sem estacionamento
room_service
Serviços Com vista panorâmica
Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.