Parque Nacional da Lagoa do Peixe

Avaliação do Guia Quatro Rodas starsstarsstarsstarsstarsMuito interessante

Em área preservada e selvagem, não tem estrutura turística ou centro de visitantes.

É um dos mais importantes refúgios de aves migratórias da América do Sul: são cerca de 30 espécies do Hemisfério Norte e cinco do Sul, que usam a lagoa como ponto de alimentação e descanso em diferentes estações do ano.

A região é também berçário para aves residentes e espécies marinhas, como tainha e linguado. Na Barra da Lagoa, onde o rio encontra o mar e se concentra a maior parte das aves, ainda vivem os últimos pescadores de camarão (a pesca massiva na região foi proibida).

É a última área do Rio Grande do Sul em que há predominância da restinga litorânea, tipo de vegetação com arbustos e árvores como pitangueiras e figueiras.

Para conhecer o parque, é preciso veículo 4×4 ou contratar uma agência.

+ Caçar Pokémons ficou chato depois dessa expedição para ver aves no Sul do Brasil

Acesso

Só os veículos 4×4 conseguem passar pelas duas vias de acesso à região do parque, sujeitas às condições de maré (ligue antes para o Instituto Chico Mendes e informe-se). No primeiro, pegue a estrada de terra de 13 km que sai de Mostardas (Trilha das Dunas) até a praia do Balneário Mostardense; de lá siga por 33 km, pela areia (passando pelo Farol de Mostardas).

O segundo acesso, conhecido como Trilha da Velha Terra, a partir da vizinha cidade de Tavares, é pelo km 181 da BR-101, passando por mais 9 km de áreas de banhado e dunas. Ambos os caminhos levam até a Barra da Lagoa.

Melhor época

O ano todo é possível ver aves no parque, mas entre setembro e março, quando a temperatura sobe, a quantidade de animais é maior. Nessa época, porém, há muitos mosquitos – não esqueça o repelente.

Entre maio e agosto é possível observar os maçarico-brancos, que chegam da costa leste americana, e os flamingos, que vêm do Chile e do sul da Argentina.

Informações

Na praça principal de Mostardas, o Instituto Chico Mendes – telefone: (51) 3673-2435 -, distribui um folheto informativo com as trilhas e os principais pontos de interesse. A Garça Turismo (R. Almirante Tamandaré, 855, 3673-1463 ou 9976-0804) organiza passeios de 4×4 até o parque, passando pelo Farol de Mostardas (3 horas, R$ 160 para até quatro pessoas). Procure visitá-lo entre 8h e 17h, quando o dia está claro.

Informações

local_parking
Estacionamento Sem estacionamento
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s