Parque Estadual do Ibitipoca

Avaliação do Guia Quatro Rodas starsstarsstarsstarsstarsMuito interessante

Telefone: (32) 3281-1101

A caminho do Parque Estadual do Ibitipoca, lembre-se de comprar o delicioso pão de canela de dona Maria, vendido na casa da própria, no lado esquerdo da estrada. É ótimo para reforçar o estômago quando a fome bater, no meio de uma trilha.

Chegando aqui, o museu em homenagem ao botânico francês Auguste de Saint-Hilaire (1779-1853), logo na entrada, é o local para você tirar dúvidas sobre os três circuitos possíveis.

Um deles liga o parque de norte a sul e leva à Cachoeira Janela do Céu (7 horas, ida e volta), uma corredeira que despenca abruptamente. Até lá, a subida é forte, de duas a três horas, passando por grutas e pelo ponto culminante do parque, o Pico da Lombada (1 784 m). Ao sair da Janela do Céu, peça ao guia para conduzi-lo à Cachoeirinha, a dez minutos de picada na mata. Apesar do nome, a queda-d’água tem mais de 20 metros de altura e é forte e gelada (quem cria coragem de atravessá-la volta com o corpo eletrizado).

Em outro circuito, a caminhada até o Pico do Pião (1 722 m), que também é puxada (cinco horas, ida e volta), tem pelo caminho a bela Gruta dos Viajantes. Muito frequentado por famílias nos fim de semana, o Circuito das Águas (quatro horas, ida e volta) é uma sucessão de escarpas que servem de mirantes para cachoeiras, cascatas e poços com água em tons de âmbar, cor resultante da decomposição vegetal.

No extremo sul, o alto do cânion encontra a Ponte de Pedra, uma espécie de viaduto rochoso sob o qual a umidade criou um espetacular forro de líquens, musgos e samambaias.

Acesso: da vila até o parque são 3 km de estrada com calçamento.

Melhor época: de abril a outubro, quando chove menos e os acessos são mais fáceis. Entre novembro e março, a temperatura sobe e as chuvas aumentam.

Informações: o parque abre de terça-feira a domingo (abre também nos feriados de segunda e terça, fechando no dia seguinte) – há limite de 800 pessoas por dia em finais de semana e feriados (quando é bom chegar perto das 7h) e de 300 pessoas, de terça-feira a sexta-feira.

Campistas podem entrar até as 19h30 (a capacidade é de 15 barracas para até 3 pessoas; não faz reservas, é por odem de chegada). Dentro do parque há lanchonete, restaurante, três churrasqueiras e um estacionamento. Contrate guias nas pousadas.

Atualizado em 5/4/2016.

Leia mais:

 Fotos e dicas: os melhores acampamentos do Brasil

 Um roteiro de carro por 20 dias pelas cidades históricas de Minas Gerais

 Roteiro de 15 dias por terra pelo Norte de Minas Gerais

Informações

local_parking
Estacionamento Sem estacionamento
room_service
Serviços Com vista panorâmica
Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.