Gruta Torrinha

Endereço: - Traçar rota

Guia Quatro Rodas: starsstarsstarsstarsstarsNão deixe de ir

Conhecer uma das grutas mais ricas do país exige preparo físico e certa dose de elasticidade. Há três percursos que duram de uma a duas horas. A caminhada começa de forma tranquila até o primeiro salão, que é limite do percurso mais simples e tem formações mais comuns. A partir dele, há trechos em que é preciso se espremer entre blocos de rocha ou andar agachado. É assim que se chega à segunda sala, onde estão as helictites (que desafiam a lei da gravidade) e as curiosas flores de aragonita. A passagem para a terceira e mais impressionante sala revela finíssimas agulhas de gipsita, depositadas no chão, e uma sequência de 60 m de estalactites. Dá para chegar sem guia até a portaria – a partir dela, um monitor leva à gruta.

Sobre o estabelecimento

Estacionamento

Sem estacionamento

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.