Modelo Carol Ribeiro dá dicas para viajar na Amazônia

A modelo e apresentadora Caroline Ribeiro mostra o que fazer, usar e levar em viagem para a Amazônia

Apesar de ser da cidade de Belém, no Pará, a modelo Carol Ribeiro nunca havia feito um ensaio fotográfico na floresta amazônica. Foi apenas recentemente que a top model posou pela primeira vez entre as paisagens naturais desta região brasileira, após um convite de trabalho feito pela marca de roupas MOB. E ela voltou de lá com algumas dicas que podem ser bem úteis para turistas que pretendem visitar a área. Veja abaixo o que Carol tem a dizer sobre a Amazônia. 

O que fazer:

“Além do trabalho, também aproveitei para curtir algumas atividades do Eco Lodge, como andar de canoa e presenciar um dos pores do sol mais lindos que já vi.” (Milena Tavares/Divulgação)

A modelo ficou hospedada no Eco Lodge mais conhecido da região, o Cristalino Jungle Lodge, que fica em uma reserva particular no sul da Amazônia. O nome do espaço foi dado em homenagem ao rio que o cerca, o Rio Cristalino. “O Cristalino, lugar onde ficamos, abriga cerca de 600 espécies de aves, ou seja, um binóculo é muito bem-vindo! É o tipo de objeto que também precisa ter na mala.”

Além das 600 espécies diferentes de aves, é possível ver outros animais endêmicos no Lodge, como o macaco-aranha-de-cara-branca e o macaco-cuxiu-de-nariz-vermelho.

“Ver os pássaros e borboletas (várias), os macacos, presenciar o nascer do sol da torre de observação, fazer o passeio de focagem para observar os jacarés à noite, entre tantas outras coisas que só a natureza proporciona.” (MOB/Divulgação)

O que levar:

Na hora de decidir o que levar, Carol listou alguns objetos indispensáveis para qualquer viajante que pretende conhecer a Amazônia, como protetor solar, repelente, óculos de sol e roupas de banho. 

Carol passeando de bote pelo Rio Cristalino (Melina Tavares/Divulgação)

O que usar:

Nos dias que ficou na Amazônia, a modelo apostou em peças com tecidos mais leves para encarar o clima quente da região. Além de vestidos e calças mais largas, ela recomenda camisas de manga comprida por conta dos mosquitos que os repelentes, geralmente, não conseguem afastar completamente.

“Como tive de fotografar a campanha bem dentro da floresta, acabei levando camisas abertas, e, entre um clique e outro, eu corria para a camisa. Na sede do hotel, para não perder o estilo, levei vestidos longos, mas soltinhos e também de tecidos leves. São peças mais femininas e que ficam um charme para um drink ou suco no deck ao som de um jazz”.

A modelo aproveitou as pausas no trabalho para curtir um bom som (Melina Tavares/Divulgação)

Carol finaliza com algumas dicas importantes para quem, assim como ela, se preocupa com moda e beleza: “Tome vitamina B; quando chegar, use muito protetor, hidratante bem leve (tipo sérum); muuuito repelente. Para ajudar na make, que precisa ser bem leve, de preferência, use hidratante e água termal para ir borrifando quando o calor aumenta. Um corretivo, iluminador e blush são suficientes.”

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s