VT Responde: Natal, Canal do Panamá e Boston

Um roteiro para uma lua de mel perfeitinha por Natal e Jericoacoara. A melhor maneira de visitar o Canal do Panamá e mais além. Os passeios imperdíveis por Boston e Região. Você pergunta, a VT responde

Em dezembro, viajarei em lua de mel para Natal e Jericoacoara. Que restaurantes e passeios não podem faltar?

 Leonardo Souza, São Gonçalo, RJ

Bruno Leuzinger, editor do GUIA QUATRO RODAS, tem as coordenadas. “Em Natal, não deixe de fazer o clássico passeio de bugue até as dunas de Genipabu. O programa dura o dia todo, e o grau de ‘emoção’ fica ao gosto do freguês. No quesito gastronomia, não deixem de provar o ótimo e extenso bufê regional do Mangai (mangai.com.br), que fica aberto o dia inteiro. Se vocês estiverem de carro, o melhor restaurante do estado, O Bule (acesso pelo km 118,5 da BR-101, 84/9184-6653), fica a 35 quilômetros de Natal, no município de Nísia Floresta. A casa serve apenas menu confiança – sequência de pratos em que o cliente não sabe o que vem à mesa – e atende somente 12 pessoas por noite (ligue para reservar). Aproveitem para pegar um sol na tradicional Praia de Ponta Negra e curtir a noite no trecho conhecido como Alto de Ponta Negra, onde fica a ótima Casa de Taipa (82/3219-5798). A boa é deixar Jeri para o final da viagem, pois a pedida lá é relaxar. O passeio de bugue até a Lagoa da Torta, em Tatajuba, permite ficar à toa, curtindo a brisa e as marolas em uma rede dentro d’água (além de provar os peixes fresquíssimos do restaurante do Didi). Outro percurso de bugue muito recomendável é o que vai até as lagoas Azul e do Paraíso em um passeio só. Por fim, dedique um tempo ao centrinho da vila para fazer compras de artesanato de crochê na Mundo Jeri e experimentar as receitas com frutos do mar do restaurante Pimenta Verde”.

Qual é a melhor maneira de conhecer o Canal do Panamá? Alguma sugestão de praia para fazer um bate e volta?

— Thiago Oliveira, Fortaleza, CE

A repórter da VT, Betina Neves, esteve no Panamá e tem as dicas: “Para conhecer o Canal, sugiro embarcar em um ônibus da City Sightseeing (city-sightseeing.com/tours/panama) até o Centro de Visitantes de Miraflores (micanaldepanama.com), onde há um museu, um restaurante e um terraço de onde se vê uma das eclusas. O bacana do ônibus é que ele passa por outros pontos de interesse, como os shoppings Multiplaza e Albrook (que têm preços similares aos dos Estados Unidos), o Centro Histórico da cidade e o Amador Causeway, complexo de restaurantes e lojas duty-free. No quesito praias, minha dica é San Blás, um arquipélago com mais de 300 ilhotas com mar inacreditavelmente clarinho. Empresas como a Panama Travel Unlimited (panamatravelunlimited.com) levam desde US$ 135, saindo da cidade do Panamá às 5 horas, com retorno às 19 horas. O trajeto é feito com o veículo 4×4 e barquinho”.

O bairro dos sonhos Beacon Hill, em Boston O bairro dos sonhos Beacon Hill, em Boston

O bairro dos sonhos Beacon Hill, em Boston (/)

O bairro dos sonhos Beacon Hill, em Boston – Foto: Diomedia

Vou passar um mês em Boston, em janeiro, e gostaria de receber sugestões de passeios.

— Camila de Sá, Juiz de Fora, MG

Ana Catarina Portugal, do blog turistaprofissional.com, conhece a cidade e é nossa consultora convidada. “Não deixe de fazer a FreedomTrail (thefreedomtrail.org), passeio a pé de aproximadamente 4,5 quilômetros que passa por 16 edifícios históricos. Entre eles está a Old State House, onde a declaração de independência americana foi lida em 1776. No Quincy Market, que fica dentro do complexo Faneuil Hall Marketplace (faneuilhallmarketplace.com), você pode experimentar o clamchowder, sopa de vôngole típica da região. Para ver as casas históricas de tijolos vermelhos, caminhe pelas ruas do bairro de Beacon Hill, em especial pela Charles Street. Você pode fazer um bate e volta até Salem, a cidade das bruxas, e New Bedford, capital da pesca baleeira no século 19 que inspirou Herman Melville a escrever o clássico livro Moby Dick. A visita aos modernos campi de Harvard e do Massachussets Institute of Technology (MIT) também é imperdível. 

 

Leia mais:

O pequeno e notável Panamá ##— Compras, hotéis e encantos no Caribe

Córsega ##— Mar azul, cachoeiras e cidadelas medievais na ilha do imperador

Vida simples no Ceará

Como explorar a Costa Amalfitana

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.