Continua após publicidade

Barcelona: manifestantes “expulsam” turistas com pistolas d’água

A manifestação reuniu pessoas que protestavam contra o turismo de massa e o aumento dos aluguéis

Por Da Redação
Atualizado em 8 jul 2024, 18h31 - Publicado em 8 jul 2024, 18h00

Com placas de “Barcelona não está à venda” e “Turistas, voltem para as suas casas”, manifestantes marcharam pelas ruas da capital catalã no último sábado (6). Trata-se de mais um capítulo que alguns setores vêm protagonizando para tentar conter não apenas a quantidade de turistas na cidade, mas sobretudo a subida no preço dos aluguéis.

Segundo o prefeito Jaume Collboni, nos últimos dez anos houve um aumento de 68% no preço do aluguel e de 38% na compra de imóveis. 

No último dia 21 de junho, a prefeitura anunciou que irá revogar as licenças dos mais de dez mil apartamentos e casas na cidade que atualmente possuem permissão para receber viajantes por temporadas curtas em plataformas como Airbnb. 

“Esses 10 mil apartamentos serão utilizados pelos moradores da cidade ou irão para o mercado para aluguel ou venda”, afirmou o prefeito. 

Continua após a publicidade

A cena mais lastimável da manifestação do último sábado foi a de um grupo de pessoas que resolveu usar pistolas d’água para “expulsar” turistas que almoçavam em esplanadas e que acabaram tendo que se refugiar dentro de restaurantes (veja o vídeo abaixo). A polícia catalã contabilizou 2800 pessoas durante a manifestação, que passou pelas Ramblas, endereço que concentra grande quantidade de turistas.

Publicidade