Voluntários recolhem mil reais em moedas nas Cataratas do Iguaçu

Biólogos e montanhistas voluntários reuniram suas forças para fazer uma limpeza próxima a uma área das quedas das Cataratas de Iguaçu

Por Julia Latorre Atualizado em 30 jul 2021, 12h58 - Publicado em 15 dez 2016, 16h31

Biólogos e montanhistas voluntários reuniram suas forças para fazer uma limpeza próxima a uma área das quedas das Cataratas de Iguaçu que chega a 40 metros de altura. O motivo principal desse tipo de trabalho é recolher as moedas jogadas por turistas.

A força-tarefa foi feito em prol do meio ambiente já que o metal das moedas pode soltar substâncias que contaminam a água e ainda “engana” pássaros que confundem o brilho das moedas com peixes, engolem e desequilibram a fauna.

+ Um roteiro de Foz do Iguaçu, com uma passadinha na Argentina

Foram retirados cerca de 40 kg de moedas de diversos países, sendo que as brasileiras, argentinas e paraguaias eram maioria. Essa quantidade totalizou cerca de mil reais que será doado a instituições de caridade de Foz do Iguaçu. Além das moedas foram retirados 270 kg de lixo.

A orientação para os turistas no Parque Nacional do Iguaçu sempre foi a de não deixar lixo no local. Será que agora também é o caso de pedirem para não deixarem dinheiro?

Continua após a publicidade

Publicidade