Viena tem tours guiados por moradores de rua e refugiados

O projeto Shades Tour Vienna permite ao turista conhecer a capital austríaca para além dos cartões-postais

Por Ludmilla Balduino Atualizado em 19 jun 2019, 20h05 - Publicado em 6 fev 2017, 19h26

Conhecer um lugar acompanhado de um guia local é uma experiência enriquecedora. Agora, imagine o quão mais intensa pode ser a experiência se o guia for um morador de rua ou um refugiado. É por isso que existem projetos como o Shades Tour Vienna.

  • O walking tour por Viena começa na Hauptbahnhof, estação de trem central. Depois das apresentações, o passeio começa e a conversa gira em torno da vida e dos desafios diários, de como o sistema social da cidade funciona, de como as instituições ajudam… O passeio termina no parque Schweizer Garten, perto da estação Quartier Belvedere.

  • Ha três opções de passeios, que duram duas horas e são conduzidos em inglês e alemão por três guias que compartilham suas experiências pessoais com o público. O preço é de € 18 por pessoa e a intenção é boa: segundo os organizadores do walking tour, o objetivo não é praticar o voyeurismo com a pobreza, e sim ilustrar a história das pessoas que vivem nas ruas com exemplos mais realistas.

  • Antes de maquiar os problemas sociais de Viena, o projeto expõe os contrastes e o estilo de vida de quem está marginalizado. Os turistas são convidados a discutir abertamente o tema, e os guias são encorajados a se reintegrarem a um trabalho e à sociedade.

    O projeto é inspirado em outros parecidos que funcionam em Amsterdã (Amsterdam Underground)Londres (Unseen Tour) e Barcelona (Hidden City Tours).

    Busque hospedagens em Viena

    Continua após a publicidade
    Publicidade