Unesco elege 30 novos Patrimônios Imateriais da Humanidade

Entre os escolhidos estão o fado português, o mariachi mexicano e o ritual da tribo indígena brasileira Enawene Nawe

Por Mônica Cardoso Atualizado em 16 dez 2016, 00h48 - Publicado em 1 dez 2011, 11h02

A Unesco elegeu 30 novos itens, de várias partes do mundo, na lista de Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade, durante reunião em Bali, na Indonésia. Entre os escolhidos estão o fado português, o teatro de sombras chinês e o mariachi mexicano.

Patrimônios culturais imateriais são expressões e tradições de um grupo como lendas, músicas, danças, festas, celebrações, saberes e técnicas, que são transmitidos para as próximas geraçõe

Dos escolhidos, a entidade destacou 11 itens que necessitam de medidas de salvaguarda urgente, pois correm risco de desaparecer. Entre eles está o ritual Yaokwa da tribo indígena Enawene Nawe, que vive no Mato Grosso.

A Unesco também escolheu as cinco melhores práticas de salvaguarda de tradições, sendo duas do Brasil: o Museu Vivo do Fandango e o Concurso de Projetos do Programa Nacional de Patrimônio Imaterial, do Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional).

LEIA MAIS: Conheça as cidades que integram o circuito de visitação do Museu Vivo do Fandango:

IGUAPE – SP

CANANEIA – SP

PARANAGUÁ – PR

MORRETES – PR

GUARAQUEÇABA – PR

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade