Setor hoteleiro do Peru receberá mais de US$ 1,8 milhão em investimentos até 2015

Só a região central, onde ficam cidades como Lima e Huaraz, vai receber US$ 698 mil na área de hospedagens

Por Juliane Massaoka Atualizado em 16 dez 2016, 08h13 - Publicado em 21 dez 2012, 16h14

O turismo é o terceiro setor que mais impulsiona a economia do Peru, atrás apenas da mineração e da agricultura, e pode ser que até 2015 a atividade passe a ocupar o segundo lugar. A indústria hoteleira está preparando grandes investimentos para os próximos anos. Esta semana, o gerente geral da Sociedade Hoteles Peru (SHP), Tibisay Monsalve, divulgou que dentro de três anos os investimentos na área hoteleira vão ultrapassar US$ 1,8 milhão.

Em certas cidades, como a capital Lima, as cifras chegam a US$ 697,56 mil, divididos nos próximos três anos. A região Sul onde ficam as cidades turísticas de Arequipa, Puno, Puerto Maldonado, Paracas, Moquegua e Tacna, deve atrair uma média de US$ 497,6 mil para a conclusão de novos hotéis. A parte norte ficará com US$ 566,33 mil, para ampliar a oferta de hotéis de cidades como Loreto, Piura, Trujillo, Chiclayo e Tumbes. 

De acordo com Monsalve, em porcentagem, a divisão dos investimentos se divide da seguinte forma: região central 40%, norte com 32% e sul com 28%. Ainda segundo a SHP, além dos números acima, existem mais US$172,10 mil para projetos que ainda não foram definidos

Leia mais:

Hotel Pro chega às bancas nesta quarta-feira (19)

Peru, o melhor destino de gastronomia do mundo

Peru pré-inca

Sob os olhos de Ai-apaec

A espantosa beleza da Dama de Cao

Continua após a publicidade
Publicidade