Roteiro de 7 dias em Orlando para quem gosta de adrenalina

Quer adrenalina? Veja este roteiro com dicas de atrações radicais nos parques da Disney, Universal, Sea World e Busch Gardens, em Orlando, Estados Unidos

Por Natália Grandi Atualizado em 24 dez 2019, 19h40 - Publicado em 21 jun 2016, 15h04

Atualizado em dezembro de 2019

Esse roteiro de 7 dias nos parques de Orlando foca nos parques que têm as melhores montanhas-russas e atrações mais radicais – e, claro, um dia de compras, um must pra quem vai para os Estados Unidos. Dá uma olhada:

Dia 1: Disney’s Hollywood Studios

O percurso da montanha-russa Rock'n Roller Coaster Starring Aerosmith, no Hollywood Studios, é inteiro no escuro e a velocidade do carrinho vai de zero a 98 km/h em 2,8 segundos
O percurso da montanha-russa Rock’n Roller Coaster Starring Aerosmith, no Hollywood Studios, é inteiro no escuro e a velocidade do carrinho vai de zero a 98 km/h em 2,8 segundos Maria Cecilia Arra/Divulgação

Vamos começar com a Disney. No primeiro dia você pode visitar o Hollywood Studios, um parque que está passando por várias transformações, mas que ainda sim tem algumas das atrações mais divertidas: a Rock ‘n’ Roller Coaster (a montanha-russa do Aerosmith, que é no escuro e tem uma aceleração de até 92 km/h), a Tower of Terror (o elevador que cai), Star Tours (o simulador de Star Wars) e Toy Story Midway Mania (o jogo baseado no filme Toy Story, que não é nada radical, mas é incrível).

Dia 2: Epcot e Magic Kingdom

Mission: Space (Foto: Flickr - CC BY NC-ND 2.0 - Paul Brennan)
A Orange Mission utiliza uma centrifuga que gira e balança, simulando a velocidade e força G do lançamento e reentrada de uma nave espacial na Terra Paul Brennan/Flickr

Comece o dia no Epcot, um parque que tem ótimos simuladores, como o Mission: Space. Esse simulador da NASA gera um efeito centrífuga para imitar o lançamento de um foguete. Quem é aventureiro pode ir na versão mais “pesada”, que tem a cor laranja e simula a mesma força gravitacional vivida pelos astronautas. Depois, vá no Soarin’, um simulador de voo que foi repaginado, e no Test Track, uma atração que imita uma pista teste de carros.

  • Depois, é hora de ir ao Magic Kingdom. Como esse é um roteiro de aventura, você não precisa passar o dia inteiro no parque, porque ele é mais “família” e não tem muitas atrações radicais. Chegando lá na hora do almoço, vá na Space Mountain, Big Thunder Mountain, Seven Dwarfs Mine Train (que não é radical, mas vale a pena) e Splash Mountain (caso esteja calor e você esteja disposto a se molhar).

    Dia 3: SeaWorld

    Montanha Russa do Seaworld, em Orlando
    A Manta é uma das únicas montanhas-russas “flying coaster” do mundo em que posiciona passageiros na posição horizontal para percorrer curvas acentuadas, superar uma queda de 40 metros e quatro loopings com inversões positivas e negativas a mais de 90 km/h SeaWorld/Divulgação

    Nesse dia você pode visitar o SeaWorld e conferir todas as montanhas-russas do parque: Manta, uma atração na qual você fica preso de barriga para baixo e sobe até 43 metros de altura; Kraken, uma montanha-russa que não tem apoio para os pés e tem um looping altíssimo; e Mako, a recém-inaugurada montanha-russa que é a mais rápida, mais alta e mais longa de Orlando. Vá também na Journey to Atlantis, Shamu Express e a nova Infinity Falls.

    Continua após a publicidade

    Dia 4: Busch Gardens

    Falcon’s Fury, Busch Gardens, Orlando, Florida, Estados Unidos
    Inspirada nos voos rasantes que os falcões dão para caçar suas presas, a atração Falcon’s Fury era, na época de seu lançamento, a maior torre de queda livre da América do Norte com 102 metros de altura e capaz alcançar 92km/h antes de retornar ao chão Divulgação/Divulgação

    Esse é o dia em que você sentirá emoção de verdade. A maior concentração de atrações radicais de Orlando e arredores está aqui. Vá direto para a Sheikra, uma montanha-russa incrível em que você fica 5 segundos parado no alto de uma descida vertical, sem o apoio dos pés. Siga para a Cobra’s Curse, umas montanha-russa giratória nova com um elevador vertical.

    • Relacionadas
  • Depois, vá na Falcon’s Fury, a atração radical mais alta de todas que é um elevador no qual você sobe sentado e é virado de bruços quando chega ao topo, caindo a 96 km/h (esse é provavelmente o brinquedo mais radical da sua viagem inteira). Não esqueça de ir à Cheetah Hunt, uma montanha-russa que imita um guepardo correndo pela selva, e à Montu, uma montanha-russa invertida cheia de voltas e loopings. O parque está investindo na nova atração, prevista para estrear no verão de 2019, Trigis, prometendo ser o brinquedo mais alto do parque.

    Dia 5: Universal Studios Orlando

    Hollywood Rip Ride Rockit, Universal Studios, Orlando, Florida, Estados Unidos
    Na Hollywood Rip Ride Rockit é você quem decide qual música vai tocar enquanto está no carrinho que chega a 105km/h DES7ROYER/Flickr

    Algumas atrações bem legais ficam na Universal, como a Hollywood Rip Ride Rockit, a montanha-russa que imita o lançamento de um foguete e que tem alto-falantes individuais em cada assento. Vá também na Revenge of the Mummy, a atração baseada no filme “A Múmia”, e depois na The Simpsons Ride, que não é tão radical, mas simula uma montanha-russa e é imperdível. A atração Harry Potter and the Escape from Gringotts também é bem divertida.

    Dia 6: Islands of Adventure

    Incredible Hulk Roller Coaster, Island of Adventures, Orlando, Florida, Estados Unidos
    O brinquedo acelera, logo no começo, de 0 a 64km/h em 2 segundos dentro de um túnel. Seguido de uma queda em parafuso e o primeiro looping Dave Walker/Flickr

    O segundo parque da Universal tem atrações como a Incredible Hulk Coaster, a montanha-russa do Hulk, e a Doctor Doom’s Fearfall, um elevador que é bem diferente dos outros, porque sobe com muita velocidade mas cai aos poucos. Uma atração nova que promete ser bem imersiva e que estreia esse ano é a Skull Island: Reign of Kong. Vá também nas atrações da área do Harry Potter, como o simulador Harry Potter and the Forbidden Journey, que fica dentro do castelo de Hogwarts.

  • Dia 7: Compras

    Orlando Premium Outlets, Orlando, Florida, Estados Unidos
    Os outlets de Orlando com mais de 300 lojas cada um são o Outlet Premium Vineland e o Outlet Premium International Drive inazakira/Flickr

    Esse dia pode ser livre para você visitar os shoppings e outlets que preferir. Na minha opinião vale muito mais a pena ir em outlets, que são bem mais baratos, cheios de promoções e com várias opções de lojas. Um deles é o Orlando Vineland Premium Outlets similar ao Outlet Premium International Drive. Se tiver mais tempo, energia e dinheiro, tente o Lake Buena Vista Factory Stores e o The Loop.

    Siga @nataliagrandi no Instagram!

    Continua após a publicidade
    Publicidade