Revelamos a Washington que você vê na abertura de House of Cards

Cenário por cenário, as ruas, as avenidas, os monumentos, os rios e até os viadutos da abertura da série política, sucesso de crítica e público da Netflix

Disponível em 13 capítulos desde o dia 8 de março, no Netflix, a quarta temporada de House of Cards entrega tudo o que dela se esperava: a briga inescrupulosa pelo poder na capital das capitais, Washington, D.C.

No comando das ações, Frank e Claire Underwood, personagens primorosos de Kevin Spacey e Robin Wright (ambos já vencedores do Globo de Ouro por suas interpretações), colocam em outro patamar ardis políticos como o cinismo, a patifaria e a crueldade, sempre em prol das ambições do casal.

Sucesso de público e crítica, a série dramática não explora tanto as locações de Washington, já que quase toda a produção é rodada em Baltimore, 62 quilômetros ao norte da capital americana.

Mas o capricho dos salões presidenciais, do avião e das limos oficiais escoltadas por SUVs, do figurino (impecável na primeira-dama), dos diálogos, das atuações – de quase tudo –, leva o espectador a se sentir uma testemunha privilegiada do inner circle doentio que se apodera de Washington na trama.

Também colabora para a imersão a vinheta de abertura, gravada em DC. No time-lapse frenético e sombrio, tem-se a impressão de que até na calada da noite tudo pode acontecer num piscar de olhos.

A música-tema do compositor Jeff Beal, com trombetas meio patrióticas, meio apocalípticas, reforça as tintas cinzentas do caminho que a América tomou em House of Cards.

Para viajar um pouco na série, veja na galeria acima a localização exata dos monumentos, avenidas, ruas, rios e viadutos de Washington que aparecem na abertura. Repare que, em diversas ocasiões, as vias convergem para o Capitólio, o prédio do Congresso.

Para ter uma ideia de como são esses lugares sem as lentes cinematográficas, publicamos também algumas fotos que retratam o cotidiano de D.C.

Usando os endereços das legendas, você pode ainda dar uma volta virtual pelos locais por meio da ferramenta Street View do Google Maps, como no exemplo abaixo.

Primeiro, digite o endereço na caixa de pesquisa e tecle enter.

A seguir, arraste o mapa até localizar o ponto de referência exato, indicado na maioria das legendas da nossa galeria de fotos.

Por fim, arraste o bonequinho até o endereço. Ao aparecer a imagem, mantenha o botão esquerdo do mouse apertado e gire a panorâmica até aparecer o local mostrado na abertura da série.

Clique no ponto da imagem de onde a cena possivelmente foi gravada, e compare.

Pelo Google Street View:

Na abertura da série:

Como alguns takes foram feitos bem próximos dos monumentos, praças, rios etc, e não das ruas, algumas vezes a visão estará obstruída por árvores, prédios e ônibus. Mas se você for pessoalmente a Washington, poderá conhecer tudo de pertinho.

Abaixo, veja o vídeo de abertura na íntegra.

Veja também

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s