Quer se sentir no topo do mundo? Conheça Titlis, nos alpes suíços

Por Mariana Maciel 24 abr 2015, 02h16

O nome Engelberg significa Montanha dos Anjos. Não é à toa que nessa cidade suíça é que está Titlis, o paraíso para quem quer praticar esqui, snowboarding ou simplesmente quer ter uma experiência inesquecível e gelada.

Titlis é o destino mais alto para quem quer praticar esses esportes. Está a uma altitude de 3.020 metros acima do nível do mar, bem nos alpes centrais da suíça. Lá você encontra neve o ano todo. Também pudera, a essa altura… É quase a mesma altura que um avião atinge para que você faça um salto de paraquedas, por exemplo.

E o visual? Deslumbrante!

Titlis 6

Para se sentir realmente nas nuvens (Crédito: Flickr/ Ragnar Jensen)

“Ah, mas eu não pratico esportes na neve. Devo ir mesmo assim?” Com toda a certeza. Um dos melhores visuais que já tive acesso e por ali também existem outras atrações para quem não quer algo mais radical.

Primeiro, precisamos chegar lá. Um dos principais pontos de apoio para quem vai a Titlis é a cidade de Lucerna, que fica a apenas uma hora de Engelberg. O caminho pode ser feito de carro, de trem ou em excursões que saem do centro da cidade. Você também pode ficar em Engelberg mesmo, mas não existem muitas outras coisas para fazer por ali. Então o ideal é ficar hospedado em Lucerna. Zurique também não está muito longe dali. Em torno de duas horas você vai de uma cidade a outra.

Ao chegar aos pés do Titlis, você embarca no Titlis Rotair, um bonde bem diferentão. Primeiro você faz uma parte do trajeto em cabines menores, onde cabem 6 pessoas. O percurso dura uns 20 minutos. Depois você pega o verdadeiro Rotair, onde cabem até 80 pessoas. Digo verdadeiro porque ele realmente tem uma rotação de 360 graus, para que os turistas vejam os alpes de todos os ângulos. Essa parte dura só 5 minutos, mas é a melhor.

Titlis 8

O visual antes de subir o Titlis é o típico de quando pensamos na Suíça (Crédito: arquivo pessoal)

Titlis 4

Titlis 3

Primeira gôndola, onde cabem 6 pessoas. Olha o Brasil aí, gente! (Crédito: arquivo pessoal)

Titlis 5

Essa é a gôndola Rotair. 360 graus sobre os alpes (Crédito: Flickr/ Bjorn Soderqvist)

Continua após a publicidade

Chegando aos mais de 3 quilômetros de altura, você encontra o que é comum a todos os pontos turísticos, como restaurantes e lojas (ali está a loja de relógios suíços mais alta do mundo), além de local para locação de roupas e sapatos especiais para neve. É importante ir bem paramentado. Eu passei por lá na primavera, em um dia bonito, mas lá no topo começou a nevar. Então independente da estação é preciso se equipar bem para não congelar.

Bom, como já é esperado, você pode praticar esportes na neve, mas também curtir outras atrações. Existe uma gruta de gelo, por exemplo. São 150 metros de comprimento em caminhos que vão até 20 metros abaixo da superfície da geleira. A temperatura por ali fica sempre em torno de -1.5 graus Celsius. O ambiente é meio azulado, causado pelo efeito da luz no gelo. E o mais importante: você não paga nada a mais para entrar ali. O lugar rende boas fotos.

Titlis 9

Trecho da gruta de gelo (Crédito: arquivo pessoal)

Outra atração é a ponte suspensa Titlis Cliff Walk. Ali você já estará a 3.041 metros acima do nível do mar e a ponte fica a 500 metros do chão. Ela é sustentada por cabos de aço, tem apenas 1 metro de largura e em torno de 100 metros de comprimento. Mas é o suficiente para elevar a adrenalina. A Titlis Cliff Walk detém o recorde de ponte suspensa mais alta da Europa.

O acesso ali também é gratuito. A ponte fica fechada em caso de mau tempo, que foi justamente o que enfrentei quando fui. Serei obrigada a voltar só para passar por ali.

Titlis 10

Titlis Cliff Walk (Crédito: Flickr/ Alexandre Brevegliari)

Você também pode embarcar (se o tempo ajudar) no Ice Flyer, um teleférico aberto que passa por cima das geleiras. No verão o Ice Flyer te leva até o parque glacial, onde você pode descer em uma boia (snowtubing) ou participar de outras brincadeiras para adultos e crianças. No inverno o Ice Flyer funciona apenas para as pistas de esqui e snowboarding.

Titlis 2

Um cachorro? Sim, eles são aceitos por ali e se divertem. Existe até uma tarifa especial para a subida deles (Crédito: arquivo pessoal)

Para subir e descer do Titlis, você paga em torno de 90 francos suíços por pessoa. Em reais hoje estaria uns 280. É caro, mas vale a pena. Tudo na Suíça é caro, então esse passeio definitivamente não é uma das coisas que mais dá dor no coração e no bolso.

Sem dúvida uma das melhores recordações de viagens que tenho.

Vai passar pela Suíça? Go to the top!

Titlis

Subida da gôndola Rotair (Crédito: arquivo pessoal)

Continua após a publicidade

Publicidade