Personal chef

Cozinheiros de mão cheia abrem suas casas para jantares secretos

Que tal trocar a fila, a badalação e a impessoalidade de muitos restaurantes pela casa de um chef? Em comum, os chamados supper clubs, a nova moda gastronômia mundial, têm boa comida, clima cool e uma boa dose de mistério: os anfitriões recebem apenas com reserva e só divulgam o endereço (e muitas vezes o menu) em cima da hora. Dificilmente há regularidade. É a casa deles, afinal!

Londres

Ele é fotógrafo, estilista de comida, banqueteiro… Às quartas e quintas, Arno Maasdorp transforma seu flat em Brixton, no sul de Londres, no Saltoun Supper Club (www.eatwithyoureyes.com), palco de experiências moderninhas, como as vieiras sobre cama de caramelo de sal. Jantares desde £ 35.

Paris

O décor inclui móveis de Philippe Starck. A cozinha se abre para a sala. E, através das janelas, lá está ela: a Torre Eiffel. Formados pela escola Cordon Bleu, os brasileiros Celinha e Gustavo Mattos recebem para jantares de alta gastronomia (menus desde € 100) em seu Chez Nous Chez Vous (33-01/4530-5892).

Nova York

Kara Masi é uma nova-iorquina da gema, criada no Brooklyn, e gourmet de carteirinha. Colaboradora da seção de gastronomia do New York Times, ela prepara dois jantares mensais, quando sua casa passa a se chamar Ted and Amy (www.tedandamysupperclub.com). Preços em torno dos US$ 50.

Buenos Aires

Flores de abobrinha recheadas de ricota com tomatinhos. Truta com manteiga defumada de maçã. Cheesecake com telha de pistache. Dan Perlman, um americano apaixonado por Buenos Aires, vinhos e comida, se mudou para lá e prepara delícias como essas na Casa SaltShaker (www.casasaltshaker.com) por US$ 50, com vinhos.

Lisboa

“Jantamos debaixo das estrelas. O jardim do nosso apartamento oitocentista é palco de momentos inesquecíveis, e achamos que deveríamos partilhá-los”, diz Susana Garcia, dona do Hush-Hush Garden (www.hush-hushgarden.blogspot.com), que serve menu de pratos portugueses de fusão por € 35.

 

Leia mais:

Tour degustação

Lima, mucho gusto!

O açougueiro de Nova York

Quer comer bem? Vá ao aeroporto

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s