Pergunte à Cris – VT 177

Sozinha em Nova York e Paris, de carro pelo litoral da Itália e passeios para as crianças em Cancún

Eu gostaria de passar uma semana em Nova York e outra em Paris. Quero companhia. Nunca viajei sozinha para o exterior. Existe algum grupo de viagem? – Maria de Fátima, Rio de Janeiro, RJ

Sei que tomar coragem para viajar sozinha não é fácil. A solidão e a sensação de vulnerabilidade podem apertar. Mas ser dona de seu tempo e de seu destino também pode ser uma experiência riquíssima – um bom exemplo é o de Elizabeth Gilbert, a autora do best-seller Comer, Rezar, Amar, em que ela narra suas andanças solo por Itália, Índia e Indonésia (uma adaptação para o cinema estreia no Brasil em setembro). Se a ideia não inspirar você, o projeto Mulheres pelo Mundo (11/3021-8445, www.mulherespelomundo.com.br), idealizado pela psicóloga Cleo Franco, de São Paulo, em parceria com uma agência de viagens, reúne mulheres com afinidades semelhantes e elabora roteiros on-demand. Quem fala inglês pode se juntar a outras viajantes do grupo americano Slow Travel for Women (www.slow-travel-for-women.com), que tem roteiro para Nova York no segundo semestre. Em Paris, o hotel Mama Shelter (109 Rue de Bagnolet, 33-1/4348-4848; diárias desde € 100) há um bar descolado onde é altíssima a probabilidade de topar com outros viajantes solitários.

Em setembro, vou à Itália e pretendo alugar um carro para ir de Roma até a Sicília pelo litoral, em 20 dias. Você pode sugerir um roteiro? – Silvio Correa, Campo Grande, MS

Claro, Silvio. Primeiro, eu só alugaria carro depois de conhecer Roma (o trânsito na cidade é complicado) – na Autoeurope (www.autoeurope.com), um popular, por 20 dias, sai desde US$ 740. De Roma a Nápoles são 250 quilômetros. De lá são outros 60 quilômetros até a Costa Amalfitana – o trecho entre Sorrento e Salerno, passando por Positano, e dando um pulinho na Ilha de Capri, é a cereja do bolo da viagem. De Salerno são 200 quilômetros até Matera, na região da Basilicata, que guarda casas esculpidas na pedra que datam de 1200. Depois são 380 quilômetros até Reggio Calabria, onde você vai pegar o ferry- boat, com o carro e tudo, até a Sicília. Eu desembolsaria cerca de US$ 50 a mais para devolver o carro em Palermo a maior cidade da Sicília, e voltaria para Roma de avião. A EasyJet (www.easyjet.com) tem tarifas desde € 24. A Polvani (11/3898-2646, www.polvani.com.br) e a CIT (11/3138-3535, www.citviagens.com.br) organizam roteiros similares.

Quero passar 28 dias viajando pela Índia, partindo de Mumbai. Há perigo, Cris? Que roteiro você sugere? – André Rossi de Lara, Itatiba, SP

Eu iria sem medo, André! Os cuidados com segurança são os mesmos que em qualquer cidade grande. Mas sugiro embarcar só em dezembro. De junho a setembro é a época das monções, que trazem chuvas torrenciais. De novembro a março as temperaturas são mais amenas. Mumbai sofre de problemas sérios de saneamento (beba somente água mineral). O restaurante Delhi Darbar (SBS Road, 91-22/2202-0235, www.delhi-darbar.com) é confiável. Dos lugares históricos e sagrados destaco o Portal da Índia e a Ilha Elephanta, que guarda um busto do deus Shiva. Duas opções a partir dali: ir de trem até Goa, ao sul, e curtir raves à beira-mar, ou pegar um voo até Délhi, ao norte, e de lá fazer viagens de trem para conhecer o Taj Mahal, em Agra, os palácios de Jaipur e a sagrada Varanasi. Reserve os trechos terrestres pela Indian Railways (www.indianrail.gov.in) e os aéreos pela Air India (www.airindia.in). Com a Air France (0800-8889955, www.airfrance.com.br), você pode chegar ao país por Mumbai e sair por Délhi, desde US$ 2 174.

Quais são os três passeios que valem a pena para crianças em Cancún? – Maria Pannunzio, Santo André, SP

Cancún em agosto tem furacão? – Roberta Macedo, Florianópolis, SC

O melhor mergulho em Cancún é mesmo Cozumel? – Alexandre Cerqueira, Vitória, ES

Os três passeios para crianças que valem a pena em Cancún são o tour de barco para Isla Mujeres, o mergulho com golfinhos no Parque Ecológico X-Caret e a visita às ruínas de Tulum. Roberta, de junho até novembro pode haver furacão, mas desde 2005 isso não acontece. Os hotéis têm estrutura reforçada caso o pior aconteça. Alexandre, o melhor mergulho é mesmo em Cozumel, onde a visibilidade da água chega a 30 metros. Mas o passeio só é proveitoso se você tiver experiência com mergulho autônomo. Para agosto, a Flot (11/4504-4544, www.flot.com.br) tem pacotes para lá desde US$ 1 004.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s