Pergunte à Cris – VT 171

Europa sem passagem de volta, Carnaval romântico, Provence florida e Colômbia de carro

Pretendo viajar pela Europa por um mês, mas não gostaria de planejar o retorno. É possível entrar na Europa sem passagem de volta comprada? — Fábio Bittencourt, Florianópolis, SC

De todo jeito, você seria barrado no desembarque pelo Departamento de Imigração. Mas poderia ser impedido até antes disso. No ano passado, um amigo não pôde embarcar para a Itália no balcão do check-in da TAM, no aeroporto de Guarulhos, por não estar com a passagem de volta. A companhia diz que as empresas cumprem a regulamentação da Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata), em que o passageiro só pode embarcar com bilhete de volta ou documento que comprove seu vínculo com o país de origem. Para evitar o mico de pagar uma passagem com tarifa cheia (sem descontos) na última hora ou de ser mandado de volta para o Brasil, o melhor é comprar antes. Se for o caso, você troca a passagem  or lá. Ou pede reembolso.

Para onde podemos ir no Carnaval? Queremos um lugar romântico.

Sou casada há cinco meses. Ainda estamos em “lua de mel”. No Carnaval, vamos fugir do agito brasileiro e passar a semana em um lugar romântico. Para onde poderíamos ir sem gastar muito? — Luciana Sbrissia, Curitiba, PR

Legenda: Home Hotel, em Buenos Aires: sossego no Carnaval

De Curitiba, Luciana, a passagem para Buenos Aires é barata (desde US$ 200 na TAM ou na Pluna). E a cidade, como você sabe, é uma delícia para namorar. Alugar um apartamento em Palermo por uma semana custa uma ninharia (desde US$ 200 nos sites 4rentargentina.com e bahomerental.com). No mesmo bairro, há hotéis fofos, como o Home (homebuenosaires.com; diárias desde US$ 115). No check-in, os hóspedes ganham um miniguia exclusivo com o que os donos, a portenha Patricia O’Shea e o marido, o produtor musical Tom Rixton, mais gostam de fazer na capital argentina. Dá para combinar o roteiro com Colonia del Sacramento, no Uruguai, atravessando o Rio da Prata de buquebus (buquebus.com.ar; US$ 26). O clima é parecido ao de Parati. Ou pegar mais um voo para Ushuaia, na Patagônia. A temperatura estará alta para os padrões locais: de 5 a 14 graus. Mas o clima de montanha, o vento constante e os hotéis charmosos, como o Tierra de Leyendas (tierradeleyendas.com.ar; diárias desde US$ 119), inspiram romance.

Quando os campos de lavanda em Provence estão floridos?

Estou planejando uma viagem para a Provence. Em que época do ano os campos de lavanda estão floridos? — Silvia Bonardi, Curitiba, PR

Por: Cris Capuano (edição) | Foto: Pedro Martinelli

Legenda: Compo de lavanda, em Provence: roxos em junho e julho

Os campos de lavanda só estão floridos (ou seja, roxos) entre junho e julho. Nos outros meses os arbustosfi cam verdes, mas dá para curtir a região com piqueniques e tours de carro. A cidade mais conhecida dessa região do sul da França é Aix-en-Provence. O Tour da Lavanda, no entanto, acontece na região do Luberon, uma linda área de montanhas e planícies com vilas minúsculas. Uma das maiores é Apt (a 50 quilômetros de Avignon), responsável, sozinha, por 20% da produção de lavanda da França. De Apt você pode seguir para o spa de Les Agnels (33-4/9004-7700, lesagnels.com); conhecer o Château du Bois (lechateaudubois.com), uma das maiores fazendas de lavanda da Provence, em Lagarde d’Apt; e ir ao Musée de la Lavande (museedelalavande.com; € 6), em Coustellet.

Dá pra chegar de carro na Colômbia, saindo de Boa Vista (RR)?

Eu e minha família vamos para a Colômbia. Dá para chegar de carro saindo de Boa Vista (RR)? Também queríamos dicas sobre hospedagem.— Mariana Rodrigues, Belém, PA

Por: Cris Capuano (edição) | Foto: Kiko Nogueira

Publicado em 01/2010

Legenda: Cartagena, na Colômbia: vale a pena ir até lá de carro?

O caminho mais fácil para viajar de carro até a Colômbia é passando pela Venezuela. Coragem: a estrada é a quinta mais precária do Brasil, segundo o levantamento do GUIA QUATRO RODAS RODOVIÁRIO. Além disso, desde março de 2009, está mais difícil atravessar a fronteira venezuelana. Além de todos os passaportes e certifi cados de vacina contra febre amarela dos passageiros, eles agora exigem seguro internacional. E a procuração do dono do carro registrada e reconhecida em cartório, caso o veículo não esteja no nome do motorista. A Colômbia, por sua vez, exige a Permissão Internacional para Dirigir (PID). Desistiu? Tente ir com milhas, para economizar o custo do bilhete aéreo até Bogotá (de Belém, desde R$ 1 000, em fevereiro). A cidade é grande e confusa, mas tem museus fantásticos, como o Botero, que presta homenagem ao maior artista plástico do país. Lá, eu ficaria no bairro da Candelária, que preserva construções históricas e tem um hotel charmosinho, o La Opera (hotelopera.com.co; diárias desde US$ 140). De Bogotá, vocês podem ir de ônibus para Cartagena, cujo centro histórico muradoinspirou os romances de García Márquez. Para ficar, o Bovedas (664-6070, bovedasdesantaclara.com; diárias desde US$ 238) tem o mesmo serviço do melhor hotel da cidade, o Sofi tel Santa Clara, e custa bem menos. De Cartagena, ou mesmo de Bogotá, vocês voam para San Andrés: a 720 quilômetros, a ilha tem resorts e as melhores praias caribenhas do país.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s